Navegantes

CRIANÇAS DA INSTITUIÇÃO DE ACOLHIMENTO DE NAVEGANTES ADOTAM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO

O nome dele é Duque. Este lindo cãozinho estava em condições de risco quando foi buscar abrigo, justamente, na Instituição de Acolhimento Infantil. Com uma história semelhante a das crianças acolhidas – o cão chegou à procura de amor, cuidado, carinho e proteção. A Instituição de Acolhimento, além de adotar medidas para fortalecimento de vínculos dos infantes, agora adotou um filhote de cão para interagir com as crianças. A coordenadora e psicóloga Fernanda Nascimento explica que ao saber dos vários aspectos positivos de um animal de estimação na vida dos infantes, a decisão foi de adotá-lo para fazer parte do lar das crianças. “No primeiro encontro com o bichinho foi feita uma votação entre as crianças e o nome escolhido foi Duque. Todo este processo de estímulos e cuidados com o animal de estimação na convivência com as crianças está sendo monitorado pela equipe técnica (psicóloga e assistente social). Está sendo uma experiência muito feliz e positiva,” ressalta a coordenadora. De acordo com a equipe multidisciplinar da Instituição, estudos comprovam que a criança ao conviver com um animal de estimação desenvolve mais responsabilidade ao perceber das necessidades de cuidado e atenção do animalzinho. O conhecimento da criança é ampliado por compreender com mais clareza as diferentes realidades e adaptações. O vínculo de afetividade entre a criança e o cão é uma relação muito forte e saudável que contribui na convivência com as outras pessoas, tornando-o um adulto mais sensível com o próximo. O Secretário da Assistência Social, Juliano de Maria, aprovou e incentivou a adoção do animal de estimação.  “É comovente a relação de amizade e afeto das crianças em acolhimento com esse novo integrante adotado pelo abrigo. Os olhos das crianças brilham e o sorriso delas é bonito de ver, realmente o cãozinho conquistou a todos”, afirma. O cachorrinho Duque, além dos cuidados da Instituição, também recebe atendimento médico e outros procedimentos de uma Clínica Veterinária que se sensibilizou com a história e disponibilizou uma parceria com a Instituição.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *