Balneário Camboriú

Resgate Social realiza nove acolhimentos na madrugada desta quinta-feira (03)

A Secretaria de Inclusão Social por meio do Resgate Social realizou o acolhimento de nove pessoas em situação de rua na madrugada desta quinta-feira (03), em Balneário Camboriú. A intervenção teve o apoio da Polícia Militar que participou da operação. No total foram feitas 22 abordagens nos Bairros das Nações, Estados, Municípios e Centro. Os acolhidos foram encaminhados à Casa de Passagem do Migrante, onde é ofertado banho, troca de roupa, jantar e cama para passarem a noite. Do total três moradores de rua serão encaminhados para Comunidades Terapêuticas, dois para suas famílias que residem em Balneário Camboriú e quatro ganharão passagens para o retorno aos seus municípios de origem. De acordo com secretário de Desenvolvimento e Inclusão Social, Luiz Maraschin, não houve reincidência de moradores de rua em relação a última operação realizada na quinta-feira (27). “Oferecemos o serviço de acolhimento àqueles que por ventura se encontram em vulnerabilidade social, mas nem todos aceitam a ajuda. A equipe do Resgate Social sabe que a reincidência acontece. Existem pessoas que já foram acolhidas e encaminhadas e evidentemente voltam às ruas por uma série de questões”, explica. Segundo o secretário, uma parcela significativa de pessoas em situação de rua são catadores de material reciclável com uma grande incidência de consumo de álcool e drogas como maconha, crack e outras. “Uma das questões graves que palpita o nosso sentimento de frustração é o uso de drogas. Então temos uma parceria com comunidades terapêuticas, para aqueles que assim desejarem, iniciar o tratamento na busca de uma conscientização para mudar a situação em que se encontram e melhorar a qualidade de vida” As operações baseadas em intervenções, acolhimentos e encaminhamentos são ações que visam reintegrar essas pessoas à sociedade e é uma forma de diminuir o número de moradores em situação de rua, que tende a aumentar com a proximidade das festas de outubro e alta temporada de verão. Os moradores também podem solicitar abrigo na Casa de Passagem, indo até o local localizado na Rua Edgar Linhares nº 570 – Bairro Nova Esperança, ou na Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, localizada na Rua 2000 nº 1380 – Centro. Para entrar em contato com o plantão do Resgate Social o número é o (47) 98839 – 7075.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *