Camboriú

Camboriuenses têm de terça a quinta-feira para se inscrever no Curso de Eletricista

Nessa terça-feira, dia 8, abre o período de três dias para inscrições no curso de Eletricista e Instalador Predial e Industrial, o primeiro a ser disponibilizado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) em Camboriú. Moradores da cidade têm até o dia 10 para se inscrever na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, que receberá os candidatos das 13 às 19 horas. O curso de capacitação inicia no dia 14 de agosto e será oferecido três vezes por semana, das 18h30min às 22h30min. Metade do valor do curso de cada camboriuense será custeada pela Prefeitura. A idade mínima para se inscrever é de 18 anos e o morador precisa apresentar, no ato da inscrição, RG, CPF, comprovante de residência, carteira de trabalho e, se tiver filhos, certidão de nascimento dos mesmos. As aulas serão realizadas no Caminhão do SENAI, que ficará alocado no estacionamento da Distriboi – na Rua Vitorio Müller, esquina com a Rua Guaraparim, número 1.135, bairro Monte Alegre. De acordo com o secretário Rodrigo Fidêncio, a escolha do curso de Eletricista e Instalador Predial e Industrial leva em conta a realidade econômica do Município neste momento: “Existe uma demanda grande por eletricistas qualificados que atendam ao setor de construção civil, um dos que mais cresce em Camboriú, e também às novas indústrias que planejam se instalar na cidade”, explica. Maira Brandão, Relações com Mercado no SENAI de Itajaí e Balneário Camboriú, explica que no Caminhão está toda a estrutura necessária para as aulas práticas e teóricas. “O Caminhão do SENAI conta com o mobiliário como cadeiras e projetor para as aulas teóricas, e também ferramentas, maquinário, equipamentos e computadores para aulas práticas de eletricidade básica, instalação predial e industrial e, inclusive, segurança no trabalho – que é fundamental”, conta. Para esse primeiro curso do SENAI em Camboriú, foram abertas 25 vagas. Com metade do valor total subsidiada pela Prefeitura, o custo da capacitação para o aluno será de 6 vezes de R$ 124,70. O secretário Rodrigo Fidêncio esclarece que, caso haja mais de 25 inscritos, será dada prioridade às pessoas com maior idade. Outros critérios de desempate são: grupo familiar (com prioridade para quem tem filhos), menor renda e, por último, experiência na área de atuação do curso. A capacitação tem duração de 220 horas e, segundo o SENAI, pretende qualificar profissionais capazes de realizar instalações elétricas prediais, residenciais, comerciais e industriais. Os alunos também aprendem a selecionar, manusear, instalar e operar equipamentos, componentes, instrumentos e máquinas, com uso de ferramentas apropriadas. A formatura da primeira turma, que começa a estudar no dia 14, será em dezembro deste ano. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico fica na Rua Olga Bernardes Amorim, nº 127, no Centro, e atende pelos telefones 3363 3151 e 3264 9454.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *