Itajaí

Atingidos pelo temporal de abril devem comprovar estragos para sacar o FGTS

Após uma reunião entre a Defesa Civil de Itajaí e a Caixa Econômica Federal foram estabelecidos os critérios para que os atigindos pelo temporal de abril tenham direito ao saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Segundo Carmo Dias, coordenador da Defesa Civil, o governo federal reconheceu a situação de emergência e o benefício será concedido por endereço atingido e não mais por ruas. “Chegamos a esse consenso, pois tem ruas que apenas algumas casas foram atingidas. Sendo assim, as pessoas que foram prejudicadas pelos fortes ventos terão que apresentar documentação para comprovar os estragos na residência”, explica. O coordenador ressalta que as 43 moradias atendidas pela Defesa Civil no dia do temporal já tem o direito garantido. Os demais atingidos deverão ir até a sede do órgão na avenida Adolfo Konder, 1811, no bairro Cidade Nova para  comprovar o prejuízo através de apresentação das notas fiscais dos materiais comprados para o conserto da casa, fotos do dia do vendaval e o contrato de aluguel ou a escritura do imóvel para ter o direito ao saque. Caso seja necessário a Defesa Civil irá até o local fazer uma vistoria após a entrega da documentação. “As pessoas atingidas terão 10 dias a partir desta segunda-feira (21) para apresentar na sede da Defesa Civil a documentação. Após esse prazo a Caixa terá mais 30 dias para analisar os documentos e posteriormente liberar o saque do FGTS”, finaliza

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *