Itajaí

Morador de Itajaí recupera qualidade de vida a partir do Programa Itajaí Ativo

Integrante do Programa Itajaí Ativo, Adenir Schneider de 57 anos, teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) ao dirigir em dezembro de 2014. Após o acidente Adenir passou a utilizar cadeira de rodas para se locomover. Logo depois, surgiam sintomas de lapso de memória e desorientação. Em janeiro de 2015 durante consulta com seu médico, foi dada a triste notícia que provavelmente teria que permanecer o resto da vida dependente da cadeira de rodas. Aproximadamente uma semana depois, Adenir notou que conseguia sentir seu dedo do pé, então utilizou de todas as suas forças para conseguir movimentá-lo, mas percebeu que nem tudo estava perdido. Começou a apresentar melhoras, pode substituir a cadeira de rodas por muletas, mas inicialmente seus movimentos eram muito lentos e debilitados. Tentou voltar aos poucos a sua rotina, mas infelizmente o destino lhe pregou peças novamente. Ele começou a perder a memória recente. Ao realizar atividades cotidianas frequentemente esquecia o que estava fazendo, aonde estava, para onde deveria ir, certa vez até esqueceu onde seu carro tinha ficado estacionado. A partir daí, foi diagnosticado com arritmia cerebral com perda de memória recente. A família ficou preocupada com o que poderia acontecer se ele começasse a sair sozinho, então tomaram a decisão drástica, de deixá-lo trancado em casa, até que sua esposa voltasse do trabalho, para prevenir que algo mais grave acontecesse. Durante este período em que ficava trancado, Adenir observava pela janela as atividades do Programa Itajaí Ativo, que ocorriam na praça próximo a sua casa. Sua curiosidade e vontade de participar das aulas ficavam maiores a cada dia que se passava. Depois de muita conversa com sua família, mesmo com todos preocupados, Adenir começou a participar do programa e em abril de 2015, iniciou sua história com o Itajaí Ativo. Ele explicou ao Profissional de Educação Física do Programa sua condição de saúde, nesta época seu lado esquerdo do corpo ainda estava bem comprometido. “Um caso como do seu Adenir é sempre desafiador para o profissional, pois envolve fatores e limitações que geralmente não encontramos, mas é gratificante ver a força de vontade de quem não se acomoda com a situação. Isso nos mostra o quanto pode ser feito a diferença na vida das pessoas através da atividade física” conta Yuri Sazanoff. Assim, começou a participar do programa e a realizar atividades extras em casa, prescritas pelo profissional, com exercícios como sentar e levantar no sofá várias vezes, subir e descer os degraus da escada, movimentos que ajudariam na retomada de suas atividades diárias. A cada treino apresentou melhoras, sua perda de memória não ocorria mais e seus movimentos estavam mais coordenados. Então Adenir colocou uma meta, participar de sua primeira prova de corrida de 5 km em outubro do mesmo ano.

A primeira corrida

Quando o dia da tão esperada corrida chegou, toda sua família estava lá orgulhosa e ao mesmo tempo preocupada, alguns dos profissionais do Itajaí Ativo que o acompanharam desde o início também estavam lá torcendo por ele. Dada a largada Adenir correu, apesar de ainda ter muita dificuldade em sua locomoção e fortes dores ele não desistiu, pois lembrava de tudo que passou junto com seus familiares, a cada passo que dava sabia que a cadeira de rodas e a doença ficavam para trás. E desde esse episódio nunca mais parou, já participou de provas de 5 km, 10 km, 21 km e em setembro de 2017 vai correr em um revezamento de 90 km. Já foi campeão 3 vezes em sua categoria, possui 5 troféus e 18 medalhas. Adenir relata que para sua recuperação foram fundamentais o apoio familiar e o suporte dos profissionais do Programa Itajaí Ativo. Atualmente ele pratica várias atividades como musculação, vôlei e a corrida que são disponibilizadas pelo programa.

Quer participar? É simples!

Para praticar exercícios diários é simples. Verifique na planilha anexa abaixo os locais de atendimento do programa, ou entre em contato diretamente com a Fundação Municipal de Esporte e Lazer (FMEL). Todos os moradores de Itajaí podem participar (crianças somente acompanhadas de um responsável). As atividades desenvolvidas são: Treinamento Funcional; Treinamento Funcional II; Práticas Corporais; Pilates; Vôlei Adaptado; Handebol Adaptado; Futsal sub 10, sub 14, sub 16; Futsal 11 a 15 anos; Musculação; Tênis de Mesa; Desenho e Bocha. Atualmente, o Programa Itajaí Ativo é composto por 32 núcleos espalhados pela cidade, contemplando participantes desde os seis anos de idade até a 3ª idade. E na quinta-feira (14), o Programa realizará inscrições para as aulas de hidroginásticas. São cerca de 40 vagas disponíveis para dois horários disponíveis durantes as terças-feiras ou quartas-feiras, às 13h ou às 14h. As inscrições poderão ser realizadas na piscina NADAR, – Núcleo Aquático de Desenvolvimento Atlético e Reabilitacional, localizada no Centro de Arte e Lazer São João, Rua José Pereira Liberato, 1120.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *