Balneário Camboriú

Saúde já realizou mais de 660 mil procedimentos e iniciou novo mutirão

A Prefeitura de Balneário Camboriú, por meio do Convênio de Saúde da AMFRI, vai zerar a fila de exames e consultas em mais seis áreas. Os atendimentos já iniciaram na última semana e vão totalizar 1.737 procedimentos. Neste ano, a Secretaria de Saúde já realizou 663.010 procedimentos, dentre consultas com especialistas, exames e cirurgias. “Esse novo mutirão mostra a importância de Balneário Camboriú ter voltado a integrar a AMFRI, o que fortalece diversas ações na nossa cidade. A saúde é prioridade, por isso desde o início do ano estamos realizando mutirões para zerar e diminuir o tempo de espera para os atendimentos. No ano que vem nossos esforços continuam”, falou o prefeito, Fabrício Oliveira. Ainda no mês de dezembro, será zerada a fila de Ultrassom do Aparelho Urinário (168 exames); da primeira consulta com Urologista Normal e Geriátrica (166 consultas); do exame auditivo BERA (22 exames); da Consulta de Cirurgia Geral Grande (140 consultas) e Pequena (199 consultas); e da primeira consulta de Cardiologia Normal e Geriátrica (892 consultas). Já os exames cardiológicos, Holter 24/horas – que registra a atividade elétrica do coração e suas variações, e Mapa – que monitora a pressão arterial terão a fila reduzida pela metade. Serão feitos 150 exames em dezembro e nos primeiros meses de 2018 a fila será zerada. Foram 53.207 consultas em 34 especialidades. Dentre elas, as que tiveram maior demanda foram oftalmologia (9.665 consultas), angiologia (3.478 consultas), Cardiologia (2.393 consultas), Dermatologia (2.127 consultas), Neurologia (2.963 consultas), Ortopedia / Traumatologia (3.576 consultas), Endocrinologia (1.806 consultas), dentre outras. Em Anestesiologia, Angiologia, Endocrinologia Pediátrica, Mastologia, Nefrologia e Medicina do Trabalho o atendimento agora é imediato. Dos atendimentos com especialistas agendados, 10.607 pacientes faltaram às consultas. Neste ano, foram feitas 1.995 cirurgias eletivas. Dessas, foram 498 cirurgias de catarata, 479 de Ortopedia (Segundo Tempo Cirúrgico), 191 de Hernioplastia, 183 de Ginecologia, 143 de Urologia, dentre outras. O número de exames totalizou 607.808 realizados e a demanda reprimida atual é de 5.371 exames. Foram zeradas as filas de Acompanhamento Neuropsicomotor, Exames em oftalmologia, Litotripsia, Mamografia, Radiografia, Teste da Orelhinha, Videolaringoscopia. Em outros, o tempo de espera foi reduzido, como Ressonância Magnética e Tomografia, que após zerada a fila, o tempo de espera caiu para um mês.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *