Balneário Camboriú

Chuva causa estragos e prejudica atendimentos em algumas unidades de saúde

Em duas horas, choveu 58,05 milímetros em Balneário Camboriú. O grande volume de chuva em um curto espaço de tempo, atingiu novamente a cidade. Durante todo o mês de janeiro o volume de chuva acumulado foi de 372,72 milímetros. É quase o dobro da média histórica para o mês, que é de 195 mm. Nesta quarta-feira (24), não haverá atendimento no Centro Odontológico Especializado (COE), pois entrou bastante água no local e a equipe passará o dia limpando os estragos. No Posto de Atendimento Infantil (PAI) não há energia elétrica e os atendimentos estão sendo feitos parcialmente. Na Farmácia e no Laboratório Central também entrou água pelo telhado, danificado com a chuva, mas os atendimentos não precisaram ser suspensos. A Unidade de Saúde dos Estados está sem energia, por isso não foi suspensa a vacinação, dentre elas da febre amarela. Nas demais especialidades o atendimento no local está reduzido. No CISS/CTA algumas salas, farmácia e consultórios ficaram alagados, mas o atendimento já está sendo normalizado. A Defesa Civil registrou 15 destelhamentos; 14 quedas de árvores em carros, via pública e fiação elétrica, além de quedas de placas, tapumes, vidros e muros; e também alagamentos em diversas ruas, que danificaram a pavimentação. Por isso, a recomendação dos agentes de trânsito aos condutores, principalmente motociclistas, é que redobrem o cuidado ao transitar pelas vias da cidade. Neste momento, o trânsito está interditado na Rua 2500 com a Marginal Leste devido a falta de energia elétrica, o que deixou fora de operação o semáforo. Na Rua Síria com Avenida do Estado também está fechada para limpeza. Em Balneário Camboriú, 14 mil unidades consumidoras ficaram sem energia elétrica, algumas delas ainda estão sem energia nesta quarta-feira. Conforme a Celesc, foi a cidade mais atingida.

Previsão do Tempo

Até a meia-noite desta quarta-feira (24) segue a previsão de pancadas de chuva, com temporais localizados entre a tarde e noite, acompanhados de descarga elétrica, fortes rajadas de vento (acima de 60 km/h) e granizo isolado. As chuvas, mesmo de curta duração, podem ser de forte intensidade, acumulando pontuais de 30 a 60 mm em uma hora. Atenção: chuva mais intensa e tempo severo na Grande Florianópolis, Vale do Itajaí e Litoral Norte, acumulando total de 60 a 80 mm em 12 horas. Sistema: forte calor com passagem de frente fria.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *