Itajaí

Conclusão da dragagem do Complexo Portuário de Itajaí está prevista para maio

Mais de um milhão de metros cúbicos de sedimentos serão retirados dos canais externo e interno do Complexo Portuário de Itajaí até maio. A Draga Chinesa XIN HAI MA chegará no município na próxima segunda-feira (05) para conclusão da dragagem. O trabalho deverá ser executado em até 50 dias e restabelecer o calado em 14 metros. A conclusão do contrato de dragagem foi discutida em reunião no início dessa semana, no Porto de Itajaí. A Draga Chinesa encerrou parte das atividades em outubro do ano passado e retornará para concluir os trabalhos. Os recursos na ordem dos R$ 38,8 milhões foram liberados pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. “Ano passado tivemos um resultado fantástico através dos trabalhos de dragagem. Foram operacionais que refletiram em boas condições de segurança de navegabilidade”, comenta o superintendente do Porto de Itajaí, Marcelo Werner Salles. O objetivo é restabelecer a cota de 14 metros de profundidade no canal de acesso do complexo. As operações de dragagem iniciarão na área da Bacia de Evolução e nos berços de atracação (APM Terminals e Portonave). Os resíduos dragados serão despejados no Bota Fora, a cerca de 10 quilômetros de distância do canal da barra. Os trabalhos são executados pela empresa DTA Engenharia. A dragagem no Complexo Portuário de Itajaí é uma prioridade do governo, após as fortes chuvas registradas em setembro e outubro de 2015. Houve o assoreamento do canal de acesso e o comprometimento das atividades portuárias. Entre abril e outubro do ano passado, foram dragados quase 2,2 milhões de metros cúbicos de sedimentos. Até o final do contrato, estima-se a retirada de 3,5 milhões metros cúbicos de resíduos.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *