Itajaí

Município de Itajaí fortalece parceria com Conselho Federal de Farmácia

O Município de Itajaí busca fortalecer a parceria com o Conselho Federal de Farmácia (CFF). Nesta quarta-feira, o prefeito de Itajaí Volnei Morastoni esteve na instituição, em Brasília, para tratar do desenvolvimento de projetos. O CFF é principal parceiro da cidade na implantação pioneira de tratamento homeopático para dependentes químicos de crack e cocaína. De acordo com o prefeito, essa visita reafirma as parcerias de Itajaí com o Conselho Federal de Farmácia, uma vez que recentemente foi assinado um termo de cooperação para implantar o tratamento a dependentes químicos de cocaína e crack com um medicamento homeopático extraído da folha da coca. “Essa experiência será desenvolvida na Atenção Básica, nos nossos postos de saúde, durante três meses e dependendo desse resultado poderemos expandir para todo o Brasil. Por isso, fiz questão de fazer essa visita no Conselho Federal de Farmácia, que vai ser nosso parceiro nessa importante experiência para a saúde brasileira”, afirma o prefeito Volnei.

Itajaí é pioneira
Em maio, Itajaí assinou o termo de cooperação com o Conselho Federal de Farmácia, a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) e a Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas para dar início ao projeto inédito de homeopatia com dependentes químicos, que está em fase de captação de recursos. A previsão é começar a pesquisa e o cadastro de usuários em agosto deste ano. O fornecimento e o fracionamento dos medicamentos para as cinco unidades de saúde participantes serão feitos em parceria com a Farmácia Escola da Univali. Profissionais de homeopatia e farmacêuticos do município também estão envolvidos no desenvolvimento do projeto. A pesquisa será feita com 120 dependentes químicos de crack e cocaína durante 12 semanas. O projeto inédito no país tem como objetivo reduzir os efeitos da abstinência e oportunizar aos dependentes um tratamento alternativo para deixar o vício, além de ser uma resposta ao problema social do consumo de drogas. A intenção da prefeitura, futuramente, é expandir o projeto para toda a rede municipal. Além de falar sobre o projeto pioneiro, o prefeito também aproveitou a visita ao CFF para conhecer outras ações desenvolvidas em todo país. Volnei ainda articulou a vinda para Itajaí de um curso modelo no Brasil para capacitar os farmacêuticos do município.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *