O mundo dos investimentos é bastante vasto, e mesmo quando classificados em grandes grupos, como renda fixa e renda variável estes se subdividem em outras categorias, cada uma delas adequada para uma situação ou perfil de investimento.

Um dos ativos que aparecem nesse meio é o dólar, mas será que ele ou outras moedas estrangerias são considerados investimentos?

Tudo irá depender dos objetivos, mas de forma geral para o pequeno investidor a melhor resposta é não.

Apesar de permitir ganhos no curto prazo, seja através de dólar, euro ou mesmo os famosos bitcoins, a função principal desses ativos é servir como moeda de troca. Devido a volatilidade, eles se comportam como investimentos de renda variável, contudo, não são considerados investimentos, pois não se multiplicam com o tempo.

Um dólar será sempre um dólar, mesmo que sua cotação oscile para cima ou para baixo, diferente de um investimento que pode dobrar de valor com o tempo.

A principal função desseativo é servir como reserva de valor, ou seja, se o objetivo for uma viagem para o exterior, nesse caso específico o “investimento” em moeda estrangeira passa a fazer sentido, já que os gastos lá fora serão feitos nessa moeda, o que evita uma perda futura, em casos de elevação no preço.

Nos demais casos o mais indicado é manter investimentos em títulos, públicos ou privados, já que o dinheiro irá se multiplicar sozinho, sem o risco de baixa na data de resgate, por exemplo.

Em resumo, a aplicação de recursos em moedas estrangeiras não deve ser confundida com um investimento, o que pode ser feito é uma especulação para ganhos no curto prazo, o que exige uma estratégia um pouco mais elaborada, mas com um pouco de estudo pode ser feito, tudo depende do tempo e conhecimento do indivíduo.

Já para quem possui objetivos com datas definidas, exceto viagens internacionais, a dica é olhar para os ativos menos voláteis, ou mesmo os de renda variável para objetivos de prazos mais longos.

orlando.werner@outlook.com

todomundorico.wordpress.com

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *