Santa Catarina

Seminário reforça a necessidade de tecnologia e inovação nas prefeituras

Tendências tecnológicas e de inovação no ambiente público. Este foi um dos temas debatidos durante o Congresso de Prefeitos, realizado em setembro, na Arena Petry, em São José/SC e que ainda vem gerando debates.

O Seminário de Inovação e Tecnologia considerou os cenários, tendências e o futuro das administrações públicas na adoção de práticas, produtos e serviços modernos às rotinas das prefeituras. “É um caminho sem volta, extremamente positivo e de resultados. Os gestores e suas equipes, mais do nunca, precisam estar atentos ao que a tecnologia pode trazer de qualidade, resultados e melhorias de atendimento à população”, destacou o presidente da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, durante a realização do seminário. A FECAM foi a promotora do Congresso de Prefeitos 2019.

A presidente da Associação de Municípios do Alto Irani (AMAI) e prefeita de São Domingos, Eliéze Comachio, ressaltou a experiência voltada ao turismo desenvolvida na região. Apresentou o portal de turismo que contempla informações de toda a região, em que o turista pode encontrar informações relacionadas à gastronomia, à hospedagem e aos atrativos. “O portal é uma ferramenta importante para o turismo de qualidade”, observou. Ela acrescentou ainda que é preciso aprimorar a comunicação entre o destino e o turista. Com o Portal, é possível informar como os municípios e os serviços estão estruturados para receber os visitantes.

Hub de inovação
Giovani Bernardo, secretário de Desenvolvimento Econômico de Tubarão, falou durante o Congresso, sobre a construção de um hub de inovação. Para ele, a gestão municipal deve garantir que as ações tenham continuidade, tornando-se um plano de Estado.

Bernardo falou ainda da importância de inovar com foco na vocação da cidade. “Para inovar é necessário passar por um processo de despertar”, disse. Segundo ele, a inovação deve percorrer cinco passos: cultura de inovação, planejamento, governança, foco e futuro.

Ecossistemas de inovação
“Santa Catarina domina a lista de cidades com a maior proporção de startups por habitante no país”, disse o jornalista, editor e fundador do portal SC Inova, Fabrício Rodrigues. Segundo estudo produzido pela Associação Brasileira de Startups, seis municípios catarinenses ocupavam os oito primeiros lugares no número de startups proporcional à população.

Rodrigues é conhecedor dos movimentos e projetos de inovação em todo o Estado. Falou das tendências em inovação e recomendou que os gestores públicos conheçam bons exemplos e repliquem as iniciativas, pensem em como inovar e aprimorem a conectividade por meio de novas ideias, empreendedorismo e inovação.

Dentre os desafios para os próximos anos na inovação na administração municipal, Rodrigues apontou a falta de investimento financeiro, cultura de inovação versus hábitos e rotinas do setor público, metodologia para desenvolvimento da inovação e de indicadores de desempenho. “É importante pensar diferente, mudar a mentalidade e as atitudes”, disse.

Para Rodrigues, os ecossistemas de inovação têm se mostrado um forte impulsor para o desenvolvimento econômico porque eles unem os setores de tecnologia da informação, as escolas técnicas, as universidades e o setor público.

“Os gestores públicos podem ser os conectores desse movimento todo, pois todas as instituições devem construir um conjunto de soluções inovadoras baseadas na vocação econômica do município”, falou Rodrigues.

O jornalista finalizou sua exposição sugerindo que as administrações municipais busquem o apoio das universidades e de movimentos empreendedores para desenvolverem a cultura da inovação.

Jornalista Michele Prada (AMMVI)
especial para Congresso de Prefeitos 2019

Mais informações – La Via Comunicação / Assessoria de Imprensa
Veruska Tasca (48) 99151.9200
Flavia Mota (49) 9951.9990

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *