Política

Evento debate construção de barragens no Alto Vale do Itajaí nesta quinta

A Comissão de Turismo e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, por proposição de seu presidente, deputado Ivan Naatz (PV), promove nesta quinta-feira (24) audiência pública para discutir a construção de duas barragens de contenção de cheias em Pouso Redondo, mas com efeitos na maior parte da região do Alto Vale do Itajaí. A audiência acontecerá a partir das 19 horas, no Salão Comunitário da Igreja Matriz de Pouso Redondo.

A proposta da realização da audiência pública atende solicitação da comunidade regional, segundo Ivan Naatz. O parlamentar destaca a importância da participação popular e de lideranças comunitárias em função de que os projetos da Secretaria de Estado da Defesa Civil já estão em andamento e pelo fato de existir contrariedade da grande maioria dos moradores da região.

“Este é o momento para ampliar o debate e sanar as dúvidas já que os técnicos do governo estarão presentes e poderão detalhar a situação dos projetos e sua interferência do cotidiano da população, principalmente na atividade agropecuária”, observa o deputado. Segundo ele, os agricultores criaram uma associação e já reuniram 6 mil assinaturas em um abaixo-assinado contra a construção das barragens por ficarem muito próximas aos núcleos urbanos, sentimento que foi reafirmado em recente encontro com representantes da Secretaria da Defesa Civil, em Florianópolis, ocasião em que alertaram também para a falta de um plano de segurança envolvendo as atuais barragens que já existem na região.

O projeto de construção de novas barragens faz parte de um plano de prevenção e mitigação aos desastres naturais que foi contratado pelo governo estadual, no início desta década, e idealizado pela Agência Japonesa de Cooperação Internacional, a Jica. Pela proposta do governo deverão ser construídas ainda outras barragens nos municípios Botuverá, Petrolândia, Mirim Doce e Agrolândia, além das duas previstas para Pouso Redondo, todas com objetivo de controle e retenção das cheias na região.

Comunicação Gabinete 

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *