Notícias

Airbnb proíbe ‘casas de festa’, após tiros nos EUA

O presidente da Airbnb anunciou, neste sábado (2), que a plataforma on-line que oferece casas privadas para alugar por períodos curtos proibiu as “casas de festa”, após um evento de Halloween que teve um desfecho letal no estado americano da Califórnia.

Cinco pessoas morreram, e várias ficaram feridas em um incidente com tiros, na última quinta-feira à noite, em Orinda, em uma casa alugada por meio da Airbnb.

Mais de 100 pessoas participaram do evento, anunciado nas redes sociais.

“A partir de hoje, estamos proibindo as ‘casas de festa’ e redobramos nossos esforços para combater as festas não autorizadas e para nos livrarmos da conduta abusiva de anfitriões e convidados, incluindo a que levou aos terríveis eventos que vimos em Orinda”, tuitou o cofundador e CEO da Airbnb, Brian Chesky.

Para isso, acrescentou, a Airbnb aumentará a “detecção manual de reservas de alto risco marcadas por nossa tecnologia de detecção de riscos”, criará uma “equipe dedicada de resposta rápida” e tomará “medidas imediatas” contra aqueles que violarem as políticas de hospedagem.

“Temos de melhorar e vamos melhorar”, afirmou. “Isto é inaceitável”, completou.

Michael Wang, dono da propriedade onde foi registrada a ocorrência, declarou ao jornal “San Francisco Chronicle” que alugou sua casa para uma mulher que pretendia organizar uma reunião familiar para uma dúzia de pessoas.

A Polícia informou que respondia a uma reclamação por barulho no imóvel onde acontecia a festa, quando tiros foram dados.

Três pessoas morreram no local. Outras duas chegaram a ser hospitalizadas, mas não resistiram aos ferimentos, completou a Polícia.

Foto: Airbnb proíbe “casas de festa” após incidente que terminou em cinco mortos na Califórnia.
AFP/Arquivos / Martin BUREAU

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *