Dicas

Contenção nos dentes: porque seu uso é tão importante?

Em alguns casos, o paciente que não usa a contenção pode ter todo o tratamento ortodôntico prejudicado.

Cerca de 1/3 dos pacientes que já utilizaram aparelhos nos dentes voltam a colocar novamente devido a problemas de espaçamentos, ou dentes que entortaram. Este é um índice bastante alto e preocupante para o cenário da ortodontia. Geralmente o problema acontece porque as pessoas não utilizam a contenção, que pode ser fixa ou removível, recomendada pelos especialistas.

E você, sabe o que são as contenções? A contenção é um dispositivo utilizado para segurar os dentes na posição final, assim que o tratamento ortodôntico é finalizado. Ela deve ser utilizada por um período mínimo determinado, com o objetivo de que os dentes não retornem à posição original. Essa ação acontece pois as fibras do ligamento periodontal possuem uma “memória” que dura, em média, 2 anos. Depois disso, os dentes ainda podem se movimentar, mas são mudanças que tem relação com o envelhecimento do paciente.

Existem diversos aparelhos de contenção: fixos, removíveis, estéticos, metálicos, cada um com suas vantagens e desvantagens, indicações e contraindicações. A escolha vai depender do tipo de problema apresentado pelo paciente.

Para que servem as contenções, então?

A ortodontia contemporânea aceita a instabilidade no pós-tratamento ortodôntico. Embora alguns casos permaneçam iguais, a imensa maioria mostra alteração no posicionamento dentário com o passar do tempo. Algumas alterações são recidivas, ou seja, é a tendência que o dente demonstra em voltar à sua posição original. Porém, muitas são inerentes à maturidade e ao envelhecimento da face.

A alteração mais frequente é o apinhamento dos dentes inferiores. Devido ao seu alto índice de ocorrências, este fenômeno pode até mesmo ser considerado normal para os humanos, como característica do envelhecimento. Daí a importância dos dispositivos de contenção: eles evitam a tendência natural dos dentes de se movimentarem.

Como representantes da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial de Santa Catarina (ABOR-SC) podemos citar alguns dos principais objetivos do tratamento ortodôntico, que são a promoção da saúde, estética, função e estabilidade.

Não basta ser bonito se não for duradouro. A principal função da ortodontia é a saúde, e a estética vem de brinde. Procuramos aliar saúde, estética, função e estabilidade. E nunca esqueça: a não utilização da contenção poderá prejudicar a estabilidade e qualidade do tratamento ortodôntico. Procure sempre um profissional capacitado e siga as recomendações sobre as contenções para manter seu belo sorriso!

Autor:

Formado em Odontologia pela UFSC, Mestre e Especialista em Ortodontia  pela UERJ, o presidente da ABOR-SC, Gustavo Zanardi, trabalha na área há 15 anos com clínica privada em Balneário Camboriú, SC. Também é membro da American Association of Orthodontists (AAO), World Federation of Orthodontists (WFO) e Diplomado pelo Board Brasileiro de Ortodontia (BBO). 

Share:

1 comentário

Leave a reply

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *