Camboriú

Águas de Camboriú entrega plano de ações e obras solicitadas pela Prefeitura

Na manhã de quarta-feira, dia 22, a presidente da concessionária Águas de Camboriú, Reginalva Mureb, apresentou ao prefeito Elcio Rogério Kuhnen um plano de ações para melhorias no sistema de abastecimento do munícipio.

Conforme solicitado pelo prefeito, a empresa afirmou que em um primeiro momento, está previsto obras que visam ampliar a oferta de distribuição de água para os bairros São Francisco de Assis, Conde Vila Verde e Rio Pequeno, que juntos concentram uma população estimada de 25 mil pessoas.  

As melhorias propostas preveem ainda, nos próximos 120 dias, a instalação de boosters (estações de bombeamento de água), intervenções na rede e instalações de registros para setorização da distribuição. “Estamos sempre abertos ao diálogo, por isso, recebemos esta proposta e esperamos que ações reflitam de imediato em melhorias no abastecimento de água da nossa Camboriú”, ponderou o prefeito. 

Na ocasião o prefeito reforçou ainda a solicitação da implantação de rede de água no bairro Várzea do Ranchinho e a instalação de um posto de atendimento da concessionária no bairro Monte Alegre. Sobre a disponibilização do Centro de Controle Operacional dentro da Prefeitura, a concessionária se comprometeu a atender à solicitação em 15 dias. Esta ferramenta permitirá que o prefeito acompanhe em tempo real o abastecimento de água na cidade.

  “A reunião foi bastante positiva e mostra que, quando existe parceria entre o poder público e a concessionária, os planos avançam. As obras seguem e a maior beneficiada é a população”, observa a presidente da concessionária Reginalva Mureb.  No último dia 17 o prefeito recebeu a presidente da concessionária para tratar sobre o contrato e na ocasião as solicitações do Executivo foram acolhidas.

Na de quarta-feira, dia 22, a empresa entregou um plano de ação para dar celeridade às ações ainda pendentes. Há quase três meses, moradores decidiram pela construção do sistema de abastecimento de água e captação e tratamento de esgoto pela Águas de Camboriú em audiência pública realizada na Prefeitura. A previsão é que sejam investidos R$ 170 milhões nos dois sistemas. Após a assinatura de um termo aditivo com o poder concedente, a concessionária prevê a implantação da Estação de Tratamento de Água (ETA) e a incorporação dos investimentos no sistema de esgoto.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *