Itajaí

Secretaria de Saúde estabelece medidas emergenciais de controle ao coronavírus

A Secretaria de Saúde de Itajaí elaborou uma instrução normativa que estabelece medidas emergenciais para os próximos 15 dias para enfrentamento da pandemia de coronavírus (COVID-19). Entre as determinações estão a suspensão de férias e licença-prêmio concedidas ou agendadas aos servidores da secretaria, inclusive aquelas que já iniciaram, autorização de horas extras e realocação de profissionais para atendimento. As novas regras passam a valer a partir desta quinta-feira (19).

Com a suspensão das férias e licenças-prêmio, os servidores deverão retornar imediatamente às suas atividades. Também foi estabelecida a suspensão de visitas domiciliares dos agentes comunitários de saúde para que esses servidores integrem as ações de controle da pandemia. Parte dos agentes de combate a endemias ficará à disposição da secretaria e os demais continuarão o trabalho de controle de vetores do Aedes aegypti em áreas prioritárias, com os devidos equipamentos de proteção.

Em relação às horas extras, a secretaria permitirá carga horária máxima de 13 horas diárias e um total de 65 horas semanais para os profissionais atuarem no controle da pandemia. A normativa ainda autoriza a contratação de profissionais externos, caso seja esgotada a carga horária e o total de horas extras dos servidores efetivos.

Consultas especializadas suspensas

A instrução normativa suspende consultas especializadas agendadas nas redes pública e privada enquanto durar a situação de emergência, podendo ser reagendadas em datas futuras. Urgências que gerem risco de morte e atendimentos oncológicos estão mantidos. Pacientes podem obter mais esclarecimentos pelo telefone (47) 3247-9717.

O Governo do Estado já havia suspendido na terça-feira (17) as consultas ambulatoriais, exames e procedimentos cirúrgicos eletivos nos hospitais. Estão mantidos apenas atendimentos improrrogáveis e para pacientes oncológicos, além de hemodiálise e transplantes. Os demais serviços agendados na rede privada conveniada ao SUS estão suspensos por 15 dias, podendo ser prorrogado este prazo.

Os servidores da Unidade de Assistência Médica Especializada, localizada junto ao CIS, receberão treinamento e irão compor a equipe de enfrentamento ao COVID-19 durante seu horário de expediente. A Secretaria ainda criará um 0800 para esclarecer e orientar a população.

Postinhos atenderão demanda espontânea

Já as unidades básicas de saúde atenderão sob demanda espontânea, ou seja, sem agendamentos. Atendentes, técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos da Estratégia Saúde da Família e outros profissionais poderão ser remanejados conforme demanda da Secretaria de Saúde.

A intenção é que os postinhos possam receber os casos leves de infecções respiratórias. Também serão montadas tendas externas nas unidades para vacinação, recebimento e orientação de pacientes.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *