Itajaí

Unidades de saúde de Itajaí começam a distribuir medicamento homeopático

As unidades de saúde de Itajaí começaram a distribuir nesta quarta-feira (29) 50 mil doses de um medicamento homeopático que aumenta a imunidade da população. Elaborado à base de cânfora, o remédio é entregue, gratuitamente, em frascos individuais para uso em dose única. Logo pela manhã, dezenas de pacientes compareceram às unidades para retirar a medicação.

> Leia mais notícias sobre Coronavírus

Moradora do São Vicente, Luciana Fernandes chegou cedo na unidade de saúde do bairro para retirar o medicamento homeopático. “É a primeira vez que vou usar, estou levando para os meus filhos e meus pais. Achei uma iniciativa muito boa para fortalecer a imunidade de quem precisa”, comenta.

Maria Elisabete Gonçalves também buscou o remédio para ela e a família na unidade de saúde do São Vicente. “Eu sei que não é algo que vai curar a gente, mas vai proteger. Eu sou paciente renal e corro riscos. Sempre usei a homeopatia e acho um remédio viável, vai fazer bem para o povo. A minha família vai usar”, ressalta.

Na unidade de saúde do Jardim Esperança, a população também começou a aderir a medicação. Iolanda Foz Mantovani foi uma das primeiras a retirar o medicamento para aumentar a imunidade. “Eu acho uma iniciativa perfeita, o prefeito está se preocupando com a população e a gente tem que parabenizar por essa atitude. Espero que a população contribua tomando o medicamento”, disse.

O que é a Camphora?

Camphora officinalis é um medicamento homeopático que já foi usado em outros países para prevenção e fortalecimento da imunidade da população, tendo apresentado resultados positivos. Este medicamento, à base de cânfora, não é uma vacina e não vai substituir o tratamento convencional ao coronavírus. É um tratamento complementar e seguro, que tem como objetivo a prevenção e o fortalecimento da imunidade das pessoas para enfrentamento da pandemia. O uso não é obrigatório e qualquer pessoa, inclusive gestantes, crianças, idosos e doentes crônicos, pode tomar a dose única.

“Por conta da pandemia vários estudiosos da homeopatia buscaram delinear o gênio epidêmico e constaram que a Camphora tinha um potencial grande para elevar a imunidade das pessoas. É importante esclarecer que esse medicamento não tem contraindicação e não é uma cura para o coronavírus. Ele atua para aumentar o sistema imunológico da população. É mais uma possibilidade que a administração municipal e a Secretaria de Saúde oferecem para proteger a comunidade”, destaca o secretário de Saúde de Itajaí, Emerson Duarte.

A oferta do medicamento homeopático foi aprovada pelo Governo do Estado, por meio de nota técnica da Secretaria de Estado da Saúde. A medida também segue as recomendações da Associação Médica Homeopática Brasileira (AMHB) e de Santa Catarina (AMHB-SC).

O uso da Camphora officinalis de maneira preventiva é indicado por ser um medicamento que cobre boa parte dos sintomas da COVID-19. Logo que é absorvido pelo organismo, ele já começa a estimular as defesas do corpo. A dose única da preparação homeopática é uma recomendação do protocolo estadual diante da situação de pandemia e para facilitar a distribuição massiva à população.

Como será a distribuição?

Em Itajaí, os moradores receberão frascos individuais do medicamento. Cada dose única tem cinco glóbulos, que são como balinhas que se dissolvem na boca. Além do frasco com a dose única, será entregue a orientação de uso.

Os moradores poderão retirar o medicamento nas unidades de saúde do município. Pessoas que estão em isolamento domiciliar, como idosos e grupos de risco, podem solicitar à unidade de saúde mais próxima a entrega do medicamento em casa ou que um familiar faça a retirada.

Para retirar o medicamento, o morador terá que informar os dados pessoais para controle da Secretaria de Saúde. Ele também poderá retirar doses para familiares da mesma residência, mediante comprovação.

O que é a homeopatia?

A homeopatia é uma ciência que avalia o indivíduo como um todo, tratando o doente e não a doença. Tornou-se uma especialidade médica em 1980 e atualmente integra a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). Historicamente, a homeopatia já demonstrou êxitos na abordagem de várias epidemias, inclusive no Brasil.

Desde 2008, Itajaí oferece atendimentos com médicos homeopatas no Centro de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde (CEPICS), que fica no bairro Centro. Além da homeopatia, outras práticas são oferecidas na cidade pelo SUS, como acupuntura, auriculoterapia, do-in, lian gong, shantala, entre outras. Os atendimentos ocorrem no CEPICS e em algumas unidades básicas.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *