Itajaí

Novo binário no Centro de Itajaí começará a ser implantado para transformar a mobilidade

Uma revolução na mobilidade de Itajaí está em curso. A abertura de novas vias no Centro da cidade possibilitará a implantação de grandes binários para criar novas e melhores conexões e aproximar as pessoas. As mudanças geram melhor fluidez no trânsito, mais qualidade de vida, economia de tempo e de combustível e mais segurança no trânsito. A partir da próxima segunda-feira (03), um grande binário será implantado com as ruas Umbelino Damásio de Brito, Uruguai e Alfredo Trompowski.

A modificação mais significativa será a inversão do sentido em toda a extensão da rua Uruguai – o fluxo será no sentido Fazenda/Centro desde a rua Antônio Caetano (rótula da Havan) até chegar na rua Alfredo Trompowski, por meio das obras de prolongamento da via. A Alfredo Trompowski deixará de ser mão dupla e será mão única no mesmo sentido da Uruguai até a rua Heitor Liberato, que seguirá sem alterações e na mesma direção.

Com o prolongamento da rua Umbelino Damásio de Brito, dois grandes corredores farão a ligação entre os bairros e o Centro de Itajaí. Desde a avenida Governador Adolfo Konder, o caminho até o Centro passará pelas ruas Carolina Vailatti, Gaspar, João Gaya e Umbelino de Brito até chegar na Contorno Sul. No fluxo contrário, o caminho inicia pela rua Uruguai, passa pela Alfredo Tormpowski e Heitor Liberato até chegar na avenida Adolfo Konder. Os dois eixos compreendem um trajeto com poucos desvios de mais de 10 quilômetros de uma ponta a outra da cidade.

Processo gradual de transformação
Desde o início de 2020, esta será a terceira grande modificação no trânsito de Itajaí. Fases de um processo de grande transformação. Em janeiro, as ruas Alfredo Eicke e Expedicionário Aleixo Maba ganharam quatro pistas, duas em cada sentido, ciclovia e ciclofaixa, canteiros e nova iluminação. O cruzamento entre os bairros São João e Barra do Rio ganhou maior segurança para os pedestres e ciclistas, além de eliminar os congestionamentos para os motoristas em direção ao bairro Cordeiros.

Implantado em junho deste ano, o retorno viário da rua Heitor Liberato melhorou a vida dos cidadãos itajaienses que se deslocam no cruzamento de acesso aos bairros São Judas, São João e São Vicente. Por meio do prolongamento da rua Luciano Pinheiro da Silva, foi possível implantar um retorno de quadra para acabar com os congestionamentos nas ruas Heitor Liberato e José Pereira Liberato.

Outros dois prolongamentos de rua estão em fase final da obra e permitirão outros binários no Centro de Itajaí. A rua Juvenal Garcia se ligará até a rua Brusque e as duas vias formarão um novo binário. A rua Alberto Werner e José Eugênio Müller também se ligarão para viabilizar outro binário. Com isso, a travessa André Barbi será um grande entroncamento das ruas Brusque, Juvenal Garcia, Alberto Werner e José Eugênio Müller.

Uma Itajaí voltada para a qualidade de vida e preocupada com o futuro
Itajaí conta hoje com uma população acima de 200 mil habitantes e mais 100 mil carros. Com o olhar para o futuro e o desenvolvimento econômico e social de cidade, os técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação projetaram esta verdadeira revolução no trânsito de Itajaí para multiplicar a capacidade viária do município em até 50% ao aumentar sua capilaridade com novas vias e acessos.

Com a implantação das mudanças o tempo de deslocamento dos motoristas poderá ser 20% menor do que o executado hoje. Isso significa que um trajeto executado em 2 minutos passará a durar apenas em 1 minuto e 36 segundos. No fim de uma semana de trabalho serão 2 minutos economizados. Em combustível, a projeção é que cada veículo economize R$ 1,98 reais por dia com o atual preço da gasolina e em um ano a soma chega a R$ 500,43 por veículo. Estima-se que a economia de combustível alcance até 25%.

“A mobilidade urbana não é um gasto, é um investimento. Todo nosso projeto se baseia em análise criteriosa para melhorar a vida dos cidadãos”, avalia o prefeito Volnei Morastoni. “Todos os investimentos nas intervenções viárias olham o futuro de nossa cidade e projetam grande crescimento e ganhos maiores ainda com os investimentos realizados pelo Município de Itajaí”, finaliza Morastoni.

As mudanças também afetam o meio ambiente. A estimativa é que um veículo em Itajaí emita 2,2 quilos de gases poluentes por trajeto na atmosfera e com as modificações passe a liberar 1,6 quilo por trajeto. Na soma dos veículos, a redução de gases poluentes produzidos por carros em Itajaí será de mais de 80 toneladas em um dia e mais de 20 mil toneladas em apensas um ano.

Todos esses valores e benefícios serão multiplicados com as projeções de que Itajaí terá em 2040 mais de 380 mil habitantes e 186 mil carros. Mudanças de impacto não só no trânsito e traçado da cidade como na vida das pessoas e na produção de novas riquezas.

“Para Itajaí, o desenvolvimento da cidade e a mobilidade urbana são temas correlacionados, os deslocamentos impactam diretamente na qualidade de vida dos munícipes. Desta forma, foi necessário criar um novo e audacioso plano de investimentos em mobilidade do município para impedir um colapso na estrutura viária”, explica o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação Rodrigo Lamim.

Marcadas para segunda-feira (03), as modificações serão sinalizadas em todas as vias do traçado. Para orientar os motoristas neste primeiro momento desta verdadeira revolução agentes da Coordenadoria de Trânsito e até a Guarda Municipal de Itajaí estarão nas ruas da cidade. 

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *