Alternância e Mudança

E seguindo na esteira da sucessão municipal, os eleitores têm dois caminhos bem distintos a seguir. Continuam, ou mudam. Sempre é bom lembrar que o instituto da reeleição não tem sido saudável na maioria das cidades devido à acomodação de administradores negligentes, que mal cumpre suas obrigações, mas usam e muito bem a máquina para seus projetos eleitoreiros, a conferir seus trabalhos, e as, propostas novas. No esquentar da água para a fervura de novembro, Penha e Itapema, contam com propostas alternativas para os eleitores decidirem o que pretendem.

PT prepara volta

Em Itapema, o PT, sob a direção do jovem Eduardo Foschiera, em uma dinamização da saudável e salutar proposta do modo petista de governar, que fez sucesso por prefeituras de todo o País: Santos, Porto Alegre, ABC paulista, Chapecó, Concórdia e até Itapema mesmo, se prepara para voltar a administrar Itapema. Terá a candidatura de Moacir César Matiolo para prefeito com Larissa Rogowiskide vice. Ideais, ideias, juventude, propostas e transparência com a coisa pública, são predicados que não faltam os jovens promissores petistas de Itapema.

Larissa Rogowiski

Penha próxima ao governo federal

Em Penha a proposta é ousada e o PRTB com seu lema: “Deus, Pátria e Família” pode ligar Penha diretamente ao governo federal, pelo apoio da sigla, e mais ainda por  ser o partido do  vice-presidente Hamilton Mourão. A sigla deve lançar a candidatura a prefeito do seu presidente estadual Gustavo Machado, e também deverá ter  candidatos em pelo menos 35 municípios do estado. Gustavo se encontra no dia 3 de agosto em São Paulo com Ley Fidelix, Presidente Nacional da sigla, e com o Vice-presidente da república Hamilton Mourão, para tratarem da questão das eleições municipais em todo o País.

Gustavo Machado
Vice-presidente da república Hamilton Mourão

Centrão e PP

Na verdade, a aproximação do Governo Federal foi muito mais ao PP, partido que o presidente pertenceu a maior parte da sua carreira legislativa, dai a força e cargos que passou a Arthur Lira, e outras lideranças do PP da câmara e senado com quem dizem ter o presidente estreitíssima ligação. Como não há mal que não se acabe, o centrão esta se dizimando, com a saída do DEM, MDB, PTB e PROS, e o PP vai se tornando como o centrão, Partido Pequeninho.

PP e PL fechados com governo federal

Além do PP, também o PL, está fechadíssimo com o centrão, e com o presidente, então, dois dos nossos senadores, estão como que umbilicalmente ligados ao governo federal, e fechadíssimos com sua política. Não é a toa que são às duas siglas que mais brigam pela cassação do governador Moisés. Diz-se que eriam o apoio do governo federal para disputar a eleição estadual?

Senadores, Esperidião Amin e Jorginho Mello

Uns dormem a caravana segue

Comentamos esses dias que Balneário Camboriú pode ter alternativa de mudança para melhorar a atuação da administração em diversos aspectos. Grupo expoente politico-empresarial se apresenta para escolher um nome. Mas ao que tudo indica esta difícil a costura e a decisão, dizem que quando se tem muitos nomes, na verdade, não tem nenhum. Enquanto eles dormem, a caravana do Fabrício vai correndo, aliás, se preparando pra descer a ladeira morro abaixo, e fazer a alegria dos pescadores da Barra com seu caixão do Bili.

Insatisfeitos blumenauenses tem alternativas

Dizem que o povo de Blumenau não está nada satisfeito com o que deixou para trás o prefeito tucano hoje PSD, nem seu vice Mario Hildebrand atual prefeito.  Crescem as possibilidades de retorno do (PT), com Décio Lima, ou a eficiente enfermeira e ex-deputada Ana Paula. E também corre como alternativa o deputado Ivan Naatz, que teve passagem significativa pelo Partido Verde, e não tão brilhante no PP. Hoje no PL pelo excelente homem publico em propostas, seriedade e transparência tem muito a oferecer para Blumenau e os blumenauenses.

Deputado Estadual Ivan Naatz

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *