Balneário Camboriú

População deve usar plataforma 1DOC para resolver demandas com a Prefeitura

Neste período de pandemia de Covid-19, a população deve evitar resolver presencialmente demandas com a Prefeitura de Balneário Camboriú. Um dos principais meios para contatar com Administração Municipal sem sair de casa é pela plataforma on-line 1DOC.

O 1DOC é o sistema oficial de protocolo da Prefeitura desde dezembro de 2019. Por esse sistema, é possível tratar de questões referentes a alvará, certidões de quitação, solicitação de taxa de vigilância sanitária, alteração cadastral, entre outras. Também estão disponíveis pela plataforma 1DOC consulta à autenticidade e andamento de ofícios recebidos, atendimento ao cidadão, abertura e consulta de requerimentos administrativos, consulta da autenticidade de intimações recebidas, pedidos de e-SIC, emissão de guia de ITBI, acesso à informação (baseado na Lei de Acesso à Informação), protocolo, ouvidoria, entre outros. O 1DOC pode ser acessado pelo site da Prefeitura, https://www.bc.sc.gov.br , no ícone Protocolo.

Demandas on-line da Secretaria da Fazenda aumentaram

Em junho, o número de munícipes que se deslocou até o Paço Municipal (Rua Dinamarca) foi alto. Foram 3.249 atendimentos. Desde 6 de julho, a maioria dos atendimentos presenciais ao público está suspensa no Paço Municipal. Estão abertos ao público apenas os departamentos de Arrecadação, Dívida Ativa, Cadastro, Protocolo e a Secretaria de Compras. Com essa restrição, o número de atendimentos presenciais caiu 54,50%.

Na Secretaria da Fazenda, que se manteve aberta ao público, os atendimentos presenciais caíram 25,35% em julho, em relação a junho (de 1.901 para 1.419 atendimentos). Em contrapartida, as demandas via plataforma on-line 1DOC cresceram 11,46% no mesmo período (de 3.587 para 3.998).

“Em meio à pandemia que estamos vivendo, a população deve se utilizar dos meios eletrônicos pra resolver demandas e evitar sair de casa para coibir a disseminação do vírus”, diz o secretário da Fazenda, Silvio Ribeiro.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *