Florianópolis

PMF orienta passageiros a realizarem o check-in a cada viagem de ônibus

O transporte coletivo volta a circular na Capital a partir de amanhã, segunda-feira, 10, e os passageiros devem ficar atentos às medidas de prevenção contra o contágio pelo Coronavírus. Além da máscara de proteção facial e lotação de 40% do veículo, a administração municipal pede que seja feito o check-in na plataforma de rastreio por QR Code, a cada viagem que o usuário fizer. O cadastro inicial deve ser feito www.covidometrofloripa.com.br, pela na aba “RASTREAMENTO QR CODE”. Feito isso, basta apontar a câmera no cartaz com QR Code sempre que utilizar ônibus ou entrar em algum estabelecimento. 

Até o momento a plataforma já recebeu 1.449.845 milhão de registros. Conforme o número de check-ins crescem no banco de dados, aumenta também, a capacidade de rastreabilidade em massa de possíveis contaminações. A lógica é simples: caso os identificados positivos tenham feito o check-in toda vez que utilizaram o transporte coletivo ou nos estabelecimentos comerciais em que estiveram presente, quando ainda estavam assintomáticos, todas as pessoas que estiveram nesses mesmos locais e que também tenham feito o registro na plataforma durante os durante os 15 dias anteriores aos sintomas dos contaminados, por exemplo, poderão ser alertadas sobre o possível contágio e mais informações das autoridades de saúde.

A plataforma foi desenvolvida pela Smart Tour, startup brasileira sediada em Florianópolis. Todos os procedimentos estão de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados. Isso significa que a plataforma não invade a privacidade do usuário e nem expõe seus dados ou dos estabelecimentos cadastrados. Todas as informações são criptografadas e mantidas em completo anonimato durante todo o processo, chegando sob forma de IDs (números) até as autoridades de saúde, tornando praticamente impossível identificar o usuário.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *