Balneário Camboriú

ReciclaBC passa a ser política pública de Balneário Camboriú

Os vereadores aprovaram nesta terça-feira (11), projeto do Executivo que institui o ReciclaBC como política pública municipal em Balneário Camboriú, fortalecendo um dos mais bem sucedidos programas brasileiros de coleta de resíduos para reciclagem.

Embora a coleta seletiva já existisse há vários anos em Balneário Camboriú, foi com o ReciclaBC que ela deslanchou, através da educação ambiental, divulgação constante, sensibilização dos moradores de porta em porta e aumento nos recursos operacionais.

O ReciclaBC, idealizado em final de 2018 e posto em prática após aquele verão, cresceu rápido graças à participação dos moradores, batendo sucessivos recordes de coleta de recicláveis que são doados a cooperativas da região.

Em 2019, foram realizadas 15.801 visitas de sensibilização e cadastramento, em todos os bairros da cidade, e em 2020 elas já somavam 1.370 quando foram suspensas temporariamente devido à pandemia.

O sucesso é traduzido em números: em janeiro de 2018 foram coletadas menos de 200 toneladas e em janeiro de 2020 o volume passou das 400 toneladas, como pode ser visto no quadro anexo que mostra o resultado mês a mês.

Com o ReciclaBC, pela primeira vez Balneário Camboriú passou a ter destinação correta (Posto de Entrega Voluntária), para produtos da linha branca (refrigeradores, fogões, lavadoras etc.); linha marrom (televisores, aparelhos de DVD etc.); linha azul (batedeiras, liquidificadores, secadores de cabelo etc.) e linha verde (computadores, acessórios, telefones celulares etc.).

A cidade também ganhou quatro ecopontos (na praça da Barra, na Terceira Avenida altura da rua 2870, na Praça Higino Pio e na Avenida Palestina) que recebem resíduos recicláveis e funcionam como marcos de incentivo à educação ambiental e respeito ao meio ambiente.

Antes do ReciclaBC, não existia serviço público para receber poluentes perigosos como lâmpadas fluorescentes, lâmpadas comuns, pilhas e baterias que agora são coletados nos quatro ecopontos e têm destinação ambientalmente correta.

A NOVA LEI

Esses são os principais pontos do projeto aprovado pelos vereadores e que deverá ser sancionado pelo autor, o prefeito Fabrício Oliveira, se transformando em lei com aplicação imediata.

– Realizar ações de educação ambiental que incentivem a separação, coleta e destinação dos resíduos recicláveis;

– Criação do Selo Recicla BC para certificar condomínios residenciais e comerciais, comércios, prestadores de serviço e demais geradores que praticam a separação para reciclagem.

– Desenvolver estratégias e intervenções de valorização dos resíduos.

– Promover treinamentos, palestras e eventos sobre reciclagem.

SAIBA MAIS

Para ver o calendário de coleta de resíduos comuns-> https://reciclabc.com.br/coletaderesiduos/ 

Para ver o calendário de coleta de resíduos recicláveis -> https://reciclabc.com.br/coleta/ 

Para agendamento de coleta de volumosos – WhatsApp: (47) 99993-0220

Para contato com o ReciclaBC – WhatsApp: 99209-3819.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *