Notícias

Número de regiões em risco gravíssimo cai para nove em SC

Laguna, Grande Florianópolis, Alto Uruguai Catarinense e Extremo-Sul passaram de gravíssima para grave.

Segundo boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde nesta quarta-feira (19), Santa Catarina possui nove regiões em estado considerado gravíssimo para a Covid-19. São eles: Carbonífera, Serra Catarinense, Alto Vale do Itajaí, Alto Vale do Rio do Peixe, Meio-Oeste, Foz do Rio Itajaí, Nordeste, Oeste e Xanxerê. 

Na condição grave, são sete regiões: Extremo-Sul, Extremo-Oeste, Grande Florianópolis, Alto Uruguai Catarinense, Médio Vale do Itajaí, Laguna e Planalto Norte.

A situação melhorou da semana passada, quando 12 regiões estavam classificadas com risco gravíssimo. Laguna, Grande Florianópolis, Alto Uruguai Catarinense e Extremo-Sul passaram de gravíssima para grave. A região Oeste fez o movimento contrário.

O monitoramento avalia o desempenho de ações contra o Coronavírus nas localidades e traz orientações aos gestores dos municípios daquelas regiões. O acompanhamento classifica o potencial de risco de cada região com notas de 1 a 4, onde 1 representa risco moderado de propagação e 4 significa risco gravíssimo.

Para realizar a avaliação, o governo do Estado leva em consideração os índices de casos ativos e recuperados, incidência, letalidade e velocidade de avanço do vírus por região. Conforme cada classificação, os gestores são orientados a seguir uma série de ações, que variam desde o reforço nas medidas de isolamento social, aumento na testagem e isolamento de casos, reorganização dos fluxos assistenciais, e ampliação de leitos.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *