Santa Catarina

Em São João Batista, governador entrega recuperação da SC-108 e lança licitação de projeto para asfaltamento até Angelina

O governador Carlos Moisés voltou ao distrito de Tigipió nesta terça-feira, 22, para entregar a recuperação funcional de três pontos da rodovia SC-108, entre São João Batista e Major Gercino. Um ano antes, o chefe do Executivo assinou a ordem de serviço para os trabalhos no mesmo local. O investimento total foi de R$ 2,1 milhões e contemplou terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização e obras de arte corrente e complementares na rodovia.

Carlos Moisés também lançou o edital de licitação para o projeto de asfaltamento do trecho da SC-108 entre Major Gercino e Angelina, num total de 26 quilômetros. O prazo para execução é de 360 dias, com orçamento de R$ 665 mil. Após a conclusão da obra, será formado um corredor asfaltado entre a BR-282 e o Vale do Rio Tijucas, impulsionando o desenvolvimento da região.

“Nosso sentimento ao retornar aqui é de dever cumprido. Podemos ver que a recuperação da SC-108 foi um serviço com ótimo acabamento, que devolve a segurança para quem trafega pela rodovia. Sobre o projeto para o asfaltamento entre Major Gercino e Angelina, é necessário dizer que a nossa Secretaria da Infraestrutura olha para frente. Essa será uma rota contemplativa. Teremos uma obra com grandes dificuldades na questão do relevo, porém, tão logo o projeto esteja pronto, nós queremos colocar essa pavimentação no escopo das obras que o Governo vai encaminhar para execução. São comunidades que merecem e se desenvolverão com a chegada do asfalto”, afirmou o governador.

Recursos próprios

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, destaca que a recuperação da SC-108 foi realizada com recursos próprios. Ele lembra que as gestões anteriores do Governo do Estado deixaram o problema sem solução por quase dois anos.

“Quando nós viemos aqui, no ano passado, essa obra já estava aguardando há dois anos para ser realizada. Agora, depois de assumir o compromisso da execução, nós estamos muito felizes por voltar para realizar a entrega. Foi uma obra muito bem executada, que vai garantir por muitos anos a segurança para todos que circulam pela SC-108. Também estamos colocando as defensas metálicas para ampliar essa sensação de segurança”, disse Vieira.

***Como era 

Quem também esteve presente na ordem de serviço e retornou ao distrito de Tigipió nesta terça-feira foi o deputado estadual Altair Silva. Natural da região, ele agradeceu o governador por cumprir com a palavra na recuperação da SC-108 e também destacou a importância do projeto para a pavimentação entre Major Gercino e Angelina.

“Esse é um momento especial. O Vale do Rio Tijucas agradece essa atitude do Governo de não apenas recuperar a cratera do Tigipió, mas de lançar o edital para o projeto do asfaltamento entre Major Gercino e Angelina. Vai ser criado um corredor de desenvolvimento na região, ligando a SC-108 até a BR-282, e agilizando o transporte que vem da região de Lages para os nossos portos”, aponta o parlamentar.

Na visão do deputado federal Fábio Schiochet, a recuperação da cratera do Tigipió retira uma dificuldade para os motoristas do Vale do Rio Tijucas: “Essa era uma obra que ficou muito tempo na promessa, mas o governador Carlos Moisés veio aqui e realizou em pouco tempo”.

Moradores de Angelina e Major Gercino aguardam asfalto

O profissional autônomo Marcelo Fagundes tem 41 anos mora desde 2017 na comunidade do Garcia, em Angelina. Ele usa diariamente o trecho não pavimentado da SC-108 e ficou animado com a notícia do lançamento do projeto para o asfaltamento da estrada. Segundo ele, a chegada da pavimentação é um sonho para as comunidades às margens da rodovia.

“Todo mundo depende dessa estrada. Eu trabalho por conta própria e uso todo dia. É muita poeira para ir para Major Gercino ou o Centro de Angelina. Quando chegar o asfalto, vai ser muito bom. Ninguém mais vai comer poeira e nem querer sair daqui, além disso os terrenos vão ter mais valor, principalmente na região onde eu moro”, conta Fagundes.

Histórico do problema na SC-108

O asfalto começou a ceder na SC-108 em junho de 2017, depois que o nível do Rio Tijucas aumentou em função de fortes chuvas. O primeiro deslizamento ocorreu no quilômetro 166 (mais especificamente entre os quilômetros 165+210 e 165+526,1) da rodovia.

Formou-se então uma cratera com aproximadamente 50 metros de comprimento, localizada no Distrito de Tigipió, onde residem aproximadamente dois mil moradores, que trafegam diariamente pelo trecho.

Com o passar do tempo, outros pontos apresentaram deslizamentos menores como entre os quilômetros 158+640 e 158+846,6, nos lados esquerdo e direito da rodovia e que também foram contemplados no trabalho de recuperação.

Veja os três pontos da rodovia que receberam reparos

  • Contenção 1: localizada no lado esquerdo entre os quilômetros 158+640 e 158+846,6
  • Contenção 2: localizada no lado direito entre os quilômetros 158+640 e 158+846,6
  • Contenção 3: localizada entre os quilômetros 165+210 e o km 165+526,1

    Informações adicionais para imprensa:
    Leonardo Gorges
    Assessoria de Imprensa
    Secretaria Executiva de Comunicação – SECom
    E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
    Fone: (48) 3665-3045
    Site: www.sc.gov.br 

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *