Notícias

Brasil e Paraguai reabrem fronteiras terrestres entre os dois países

Brasil e Paraguai reabriram nesta quinta-feira (15) suas três principais fronteiras terrestres após mais de seis meses de fechamento devido à pandemia da covid-19, anunciaram os dois países em comunicado conjunto.

O texto destaca “a importância da reativação do comércio fronteiriço, especialmente para a preservação dos postos de trabalho”.

O Ministério das Relações Exteriores do Brasil revelou, em nota, que serão reabertas as fronteiras que ligam as cidades de Foz do Iguaçu (Brasil) e a Ciudad del Este (Paraguai), Ponta Porá (Brasil) e Pedro Juan Caballero (Paraguai) e Mundo Novo (Brasil) e Saltos del Guaira (Paraguai).

“Nossas fronteiras (…) já estão abertas. Vamos cuidar uns dos outros e sejamos responsáveis com as medidas sanitárias”, declarou por sua vez o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez.

O chefe de Estado paraguaio agradeceu ao presidente Jair Bolsonaro “por sua colaboração para a reabertura das fronteiras terrestres”.

O comunicado também informa que os dois países “acordaram que cada país empregará os protocolos sanitários, em conformidade com suas respetivas legislações, para evitar a propagação da covid-19”.

Ciudad del Este, fronteiriça com Foz de Iguaçu, mobiliza em tempos normais cerca de 20.000 veículos por dia que atravessam a Ponte da Amizade, erguida sobre o rio Paraná.

Cerca de 10.000 trabalhadores brasileiros de Foz de Iguaçu cruzam diariamente a fronteira para ganhar a vida em Ciudad del Este, que conta com 20.000 comércios.

A pandemia paralisou este intercâmbio e a população das duas cidades fez várias manifestações de rua entre agosto e setembro para pressionar pela reabertura da fronteira terrestre entre os dois países.

Militares bloqueiam acesso à Ponte da Amizade em Ciudad del Este, Paraguai, na fronteira com o Brasil, 18 de março de 2020.

AFP / EVER MONGELOS

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *