Santa Catarina

Deputados pedem que PMSC convoque excedentes e autorize praças a pilotar

Parlamentares do PSD e do PSL pediram a nomeação dos excedentes do último concurso para oficial da Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) e a autorização para que os praças habilitados possam pilotar aeronaves na sessão virtual de quarta-feira (11) da Assembleia Legislativa.

“Por que não chamar os excedentes se o presidente Bolsonaro está chamando somente os excedentes?”, reclamou Kennedy Nunes (PSD), acrescentando que há 107 excedentes aptos a começar o curso.

Coronel Mocellin (PSL), que já comandou o Corpo de Bombeiros Militar (CBM), concordou com Kennedy, afirmou que na época em que comandou a instituição, chamou os excedentes e sugeriu dialogar com o Executivo.

“Vamos ver se conseguimos trazer esses excedentes”, afirmou Mocellin.

Kennedy também criticou licitação da PMSC para contratar em outros estados pilotos de aeronaves.

“Está faltando piloto de helicóptero e querem contratar piloto de outros estados para pilotar a aeronave da PM porque só oficial pode pilotar a aeronave. Há mais de uma dezena de pilotos praças que não podem (pilotar), mas quem diz quem pode é a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), não a Polícia Militar”, advertiu Kennedy.

Felipe Estevão (PSL) se juntou ao representante de Joinville e também criticou a exclusão dos praças.

“Venho acompanhando essa luta, são pilotos preparados, capacitados e tudo que querem é servir o estado, mas por pura questão de vaidade têm sido impedidos, causando um rombo nos cofres públicos”, lamentou Estevão.

Mocellin ponderou que na maioria dos estados apenas oficiais pilotam aeronaves e relatou que o piloto é o comandante da operação, razão pela qual os pilotos são oficiais.

“Tem de ter harmonia na aeronave”, afirmou.

AL

.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *