TJSC

Programa Olhares revela talento de magistrados e servidores do Judiciário catarinense

Mais uma vez a sensibilidade e o talento dos colaboradores do Judiciário catarinense ganham destaque na Revista Olhares. Em sua 5ª edição, lançada em 25 de novembro de 2020 e já disponível no portal institucional, 67 colaboradores participaram com 163 trabalhos de qualidade ímpar, materializados por 142 fotografias e 21 mensagens de autoria própria.

Desta vez, o conteúdo da revista explorou temas de grande relevância como “Acessibilidade e Inclusão”, “Aposentadoria”, “Dia da Família”, “Dia do Servidor Público”, “Meio Ambiente”, “Natureza e Paisagem”, “Olhares sobre a Quarentena”, “Pontos Turísticos”, “Práticas Esportivas”, “Regiões do Estado de Santa Catarina” e “Reino Animal”. “São verdadeiras obras de arte que revelam o olhar e as emoções dos nossos colegas do Judiciário”, destaca Juliana Dias Silva, da Divisão de Desenvolvimento de Pessoas.

A edição deste ano inova com a exposição virtual dos trabalhos fotográficos apresentados no Programa Olhares desde sua primeira edição. Para conhecer a exposição e se deslumbrar com as produções dos colegas do Judiciário, acesse o perfil do Programa Olhares no FLICKR.

Com o objetivo de revelar talentos, o Programa Olhares foi criado em 2015 pela Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP) como um instrumento de valorização e integração dos magistrados, servidores e estagiários do Poder Judiciário de Santa Catarina, incentivando-os a desenvolver a criatividade por meio de fotografias, textos e poesias.

O sugestivo nome da Revista Olhares promove a diversidade do olhar. “Ao compartilhar uma imagem ou um texto, o que na verdade se divide é a forma de compreender a vida, o sentido e o significado que a ela damos, além do cargo ou da função que exercemos”, ressalta Juliana Silva.

Além de apresentar trabalhos belíssimos, o programa favorece a construção de um ambiente de inovação organizacional, bem como o aumento da sensação de pertencimento à instituição. Essa conclusão é obtida a partir dos depoimentos dos próprios participantes da 5ª edição da revista. Confira:

“Participar do Programa Olhares significa integração, sentimento de pertencimento e de deixar marcada minha presença na história que, bem observada, revela as pessoas que fazem parte do Judiciário catarinense.” Nevia Philippi, comarca de Balneário Camboriú

“Participar do programa significa ocupar plenamente o meu lugar nesta organização judiciária e expressar minha voz e meu olhar sobre os temas sugeridos, todos de tamanha relevância e fundamental reflexão para todos os seres humanos.” Andreia Segalin, comarca de Maravilha

“Participar desse programa é sentir-se mais presente na vida de todos os colegas, que juntos proporcionam momentos de lazer e prazer a minha alma. O bem-estar no trabalho aumenta quando vejo a beleza da nossa natureza e a grandeza do nosso Criador.” Hildemar Meneguzzi de Carvalho, desembargadora

“É uma satisfação enorme poder mostrar um pouco desse lado artístico que tanto me apraz, e uma alegria por esse reconhecimento e valorização.” Angela Consoli, Diretoria-Geral Administrativa do Tribunal de Justiça

“É muito gratificante essa oportunidade de mostrar para as pessoas o meu olhar sobre aquilo que vejo e tento transmitir por meio de uma fotografia. E, acima de tudo, reconfortante! Não apenas por eu ter participado dessa edição, mas também por ver tantos colegas que apreciam essa arte, seja de forma profissional com técnica, seja de forma amadora como hobby, assim como eu, que adoro uma fotografia!” Shirlei Aguiar dos Santos, comarca da Capital

O Judiciário catarinense conta com a participação de todos os colaboradores nas próximas edições da Revista Olhares, bem como em outras ações voltadas para o bem-estar e a qualidade de vida no trabalho.

Ouça o nosso podcast.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *