Camboriú

HCC acelera andamento da fila de espera por cirurgias pelo SUS em Camboriú

Somente na terça-feira, dia 21, dez cirurgias eletivas foram realizadas no Hospital Cirúrgico Camboriú. Uma delas foi a de Tânia Maria de Oliveira, de 54 anos, que há mais de um ano aguardava pela retirada do útero, após diagnóstico de mioma. Dona Tânia é uma das cerca de 200 pessoas que passaram por procedimentos cirúrgicos no HCC desde a sua abertura, no dia 2 de outubro, saindo da fila de espera por cirurgias eletivas pelo SUS. Além das cirurgias, a equipe do HCC atendeu ainda cerca de 370 pacientes em avaliações pré-operatórias até o dia 20 de novembro – parte já realizou as cirurgias e outros devem passar pelos procedimentos nas próximas semanas. De acordo com o prefeito de Camboriú, Elcio Rogério Kuhnen, a expectativa inicial era realizar 400 cirurgias eletivas até o final deste ano. Número que pode ser superado com os atendimentos previstos para as próximas semanas. O maior obstáculo para o cumprimento dessa meta, porém, tem sido a desistência de alguns pacientes, que não comparecem para os procedimentos marcados. “Os pacientes continuam faltando bastante. Apesar de confirmarem, muitos não vêm no dia marcado. O andamento da fila de endoscopias e colonoscopias é o mais impactado com o problema: de cada 20 agendamentos, em média 10 são perdidos”, aponta a diretora geral do HCC, Diane Schwerz. Ela explica que além de desacelerar o andamento da fila, a ausência prejudica o próprio paciente, que retorna para o final da listagem de espera.

Próximo de casa e com agilidade

O processo para agendar as cirurgias eletivas no HCC geralmente é rápido. No caso de Dona Tânia, ela recebeu uma ligação da Secretaria de Saúde no dia 14 de novembro para agendar o pré-operatório e, em seguida, a cirurgia. Primeiro foi avaliada por um cirurgião geral, que conferiu seus últimos exames. Em seguida, passou pela consulta com o anestesista. Com a liberação desses dois médicos, após uma semana passou pelo procedimento cirúrgico. “Eu entendo que a reabertura do hospital acelerou a minha cirurgia e ainda vai ajudar muita gente. Não só porque é mais um hospital na região, mas também porque é perto da comunidade de Camboriú”, comenta Tânia. Ela mora no bairro Areias, há poucas quadras do HCC, e conta que foi caminhando até o hospital ao lado da filha Elisângela e do marido, José Eloir. A lista de cirurgias realizadas no HCC até o momento inclui procedimentos de cirurgia geral, urologia, ginecologia, planejamento familiar (laqueaduras e vasectomias), além dos procedimentos de endoscopia e colonoscopia. Após passar pela operação, o paciente fica em recuperação no centro cirúrgico, até que receba alta do anestesista responsável. Pessoas que necessitam de internação são encaminhadas para a clínica cirúrgica, que conta com 37 leitos habilitados pelo SUS.

Atualização dos cadastros

Pacientes que aguardam por cirurgias eletivas em Camboriú podem conferir sua posição na fila de espera junto à Secretaria de Saúde. O secretário Ronnye Peterson Nasser dos Santos destaca a importância de esses pacientes estarem com o cadastro atualizado. “Se você aguarda ou tem algum parente aguardando por esses procedimentos, procure a Secretaria de Saúde para verificar não só o lugar na fila, mas também se os dados como telefone e endereço estão corretos”, reforça. É com esses dados que a equipe do HCC entra em contato para agendar as cirurgias eletivas, que são realizadas conforme a fila e também de acordo com a gravidade de cada caso. A Secretaria de Saúde de Camboriú fica na Rua Porto Alegre (anexa à Policlínica Municipal), e atende ao das 13 às 19 horas. O telefone para contato é o (47) 3365 9400.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *