Balneário Camboriú

Black passa por treinamentos para coibir entorpecentes na Praia Central

Para ajudar nas buscas de drogas e armas em Balneário Camboriú, a Guarda Municipal (GM) possui um cão policial: o Black. De raça Pastor Belga de Malinois, o cachorro tem três anos e atua em ações desde o ano passado. Neste verão, a equipe K-9 da GM está intensificando as atividades para coibir entorpecentes na Praia Central e para isso o animal passa por treinamentos específicos. Esse treinamento para o cachorro encontrar drogas enterradas está sendo feito devido ao aumento no número de ocorrências registradas pela GM nas praias. O cão passa por treinamentos mensais, seguindo um cronograma. “Por exemplo, se precisamos treinar o Black para farejar drogas, que são enterradas na areia da praia, fazemos escalas de treino para ele, começando com drogas enterradas de forma superficial e depois em uma profundidade maior. Além disso, escondemos em situações, lugares e temperaturas diferentes para ele se adaptar ao serviço”, explicou o supervisor do canil, Gustavo Belz. Apesar de o cachorro ter mais células olfativas que um ser humano, o animal não se torna dependente ao sentir o entorpecente. “Na verdade, o cão encontra o odor baseado na premiação dele. No caso do Black é uma bolinha. Ele sente o odor, aí faz uma indicação sentando e espera o prêmio, que é a diversão dele”, completou Gustavo. Além disso, o Black é único cão policial em atividade da região que possui faro para encontrar armas e munições. Por conta disso, o cachorro já foi solicitado para prestar apoio em ações em municípios vizinhos. “Ele ajuda muita os nossos trabalhos. Imagina procurar algo em um espaço enorme. Com o Black encontramos bem mais rápido, pois ele tem um faro muito aguçado”, contou o Guarda Municipal, Ikaro Costa.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *