Itajaí

Barco de brasileira abre vantagem na Volvo Ocean Race

O barco AkzoNobel, que tem a brasileira Martine Grael como integrante, continua na liderança da sexta etapa da Volvo Ocean Race 2017-18, no percurso entre Hong Kong (China) e Auckland (Nova Zelândia). A equipe abriu, nesta quarta-feira (14), quase 30 milhas náuticas de vantagem para o Sun Hung Kai / Scallywag, que ocupa a segunda colocação. “Espero que nossa velocidade nos faça chegar em primeiro aos Doldrums. Seria bom ser o primeiro chegar e o primeiro a sair”, disse Nicolai Sehested, do AkzoNobel. O MAPFRE, líder do campeonato, mantém um duelo com o Dongfeng Race Team, e são os que estão mais próximos dos primeiros colocados desta etapa. ”Temos o Dongfeng a cerca de uma milha e meia ou até menos. É uma luta muito apertada”, disse o campeão olímpico Blair Tuke, do MAPFRE.

Itajaí na Volvo Ocean Race

Itajaí representa pela terceira vez Santa Catarina e o Brasil na Volvo Ocean Race, o maior evento de vela do mundo. Só em 2015, 350 mil visitantes participaram do evento em Itajaí. A Vila da Regata brasileira ficará aberta ao público de 5 a 22 de abril de 2018 e a previsão é que os primeiros barcos cheguem ao litoral catarinense no dia 8 de abril. No dia 20 de abril será realizada a In-Port Race, uma competição que é realizada nos locais de parada. No dia 21, os barcos estarão abertos ao público e, no dia 22, será a partida das equipes de Itajaí rumo a New Port (EUA).

Percurso

Nesta edição os barcos partiram de Alicante na Espanha e já realizaram uma parada em Lisboa (Portugal), Cidade do Cabo (África do Sul), Melbourne (Austrália), Hong Kong e Guangzhou (China). Os veleiros ainda vão aportar em Auckland (Nova Zelândia), Itajaí (Brasil), New Port (Estados Unidos), Cardiff (País de Gales), Gotemburgo (Suécia) e Haia (Holanda).

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *