Notícias

Saúde e segurança são prioridades para governador de Santa Catarina

Cerca de 200 pessoas acompanharam na tarde desta terça-feira (20) o almoço-debate com o Governador Eduardo Pinho Moreira. No evento, promovido pelo LIDE Santa Catarina, realizado na FIESC, em Florianópolis, foram reveladas as prioridades para 2018. No comando do Estado, Pinho Moreira fez um relato das medidas já tomadas, como o corte em gastos administrativos e folha de pagamento, e anunciou que nas próximas semanas, ocorrerá a extinção de aproximadamente 50 cargos comissionados. “O Estado vai diminuir de tamanho de forma expressiva ainda nos próximos meses. Vamos entregar uma Santa Catarina muito mais enxuta no final desse ano”, afirmou. A intenção com essas medidas é otimizar os recursos públicos, fazendo com que áreas que atualmente carecem de atenção possam ser beneficiadas. Com a bandeira de controle de gastos e equilíbrio financeiro, o governador destacou os desafios em lidar com as contas públicas em ano eleitoral, afirmando que saúde e segurança serão tratadas como prioridade. No último mês já sob novo governo, o Estado experimentou a redução no número de crimes violentos. A estatística anima Pinho Moreira que acredita que os novos dados já são resultados de mudanças realizadas na área. “Estamos ampliando o número de câmeras, pretendemos instalar um programa de reconhecimento facial e estamos com mais de 250 pontos de entrada para o Estado sob vigilância do governo”, afirmou. Com viagem marcada para Brasília, o governador tem como intenção garantir recursos para área da saúde. Pinho Moreira vai cobrar do Governo Federal mais de R$ 200 milhões devidos ao Estado de Santa Catarina. O presidente do LIDE Santa Catarina, Wilfredo Gomes, ressaltou a importância do grupo de líderes empresariais para promover o diálogo e crescimento do setor. “Começamos o ano com o pé direito. O LIDE SC completa cinco anos com muito trabalho e muita dedicação. Temos crescido trazendo não apenas conteúdo, mas também discussão para a pauta empresarial catarinense”.

Sobre o LIDE Santa Catarina

Atuando em Santa Catarina desde janeiro de 2013, o LIDE tem 75 filiados no Estado, entre elas, 9mm, Angeloni, Báscara Investimentos Imobiliários, Beto Carrero Word, Bornhausen & Zimmer Advogados, Brognoli, Calcard Administradora de Cartões, Copobras, Cremer S/A, Diário Catarinense, Dot Digital Group, ENGIE, Faial Prime Suites, Fiesc, Faial Flex Contact Center, Gasparino Farbo Lebarbenchon Roman Sachet e Marchiori Sociedade de Advogados, Grupo Habitasul, Grupo Maria´s, Grupo RIC SC,Guga Kuerten Participações, Hotel Majestic Palace, Intelbras, Lamy & Faraco Lamy – Advogados, Magic Bubble, Menezes Niebuhr Advogados Associados, Metasul, Minister Vigilância, Multicorp, Multilog, Neoway, Neuron Consultoria, Onewg, Ponta dos Ganchos Resort, Portobello, RH Consultoria Empresarial e Tributária, Gestão e Participações LTDA, SC Gás, Sebrae/SC, Sicob, Softplan, SPR Investimentos e Participações, Taroii Investments, Taschibra, Têxtil RenauxView S/A, TGB – Terminal Graneleiro da Babitonga, Villaggio Grando Boutique Winery.

Ao LIDE Mulher Santa Catarina estão associadas Água Mineral Santa Rita, Bioart Blocolit, Blocolit, Clear Inovação, Jô Cintra Tailor Made Tours, JPS Negócios, Kit Labor, Khronos, Lica Paludo Produções, Lumis Construtora, Mariana Pelegrini, MC Werner, RDO Empreendimentos Imobiliários, Roda Software de Governança Corporativa.

Ao LIDE Futuro estão associadas Antonio Carlos Guimarães Neto, Bruno Souza, Carlos EduardoSilveira, Danilo Konrad, Fillipe Silveira dos Santos, Gabriel Damiani, João Matoso, Lucas Schweitzer, Lucas Souza, Marcos Garofallis Silva, Pedro de Paula, Radamés Martini.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *