Balneário Camboriú

Alunos do CEM Taquaras visitam o Engenho do Seu Zé Gregório

Os alunos do terceiro, quarto e quinto anos do Centro Educacional Municipal Taquaras, de Balneário Camboriú visitaram nesta terça-feira (05) o Engenho de Farinha de Taquaras. O dono, Seu Zé Gregório, faleceu esse ano, mas deixou a tradição para a família. Hoje, o Engenho do Seu Zé Gregório é o único engenho artesanal de farinha de mandioca da região.

O engenho produz uma farinhada por ano e sempre que isso acontece, o CEM Taquaras aproveita para visitar. Durante a visita, os alunos aprendem as diferenças entre o processo artesanal e o industrial. Também foram apresentados todos os passos da produção: descascar, ralar, secar e ralar novamente a mandioca.

Antes da visita, os alunos conheceram um pouco mais de Balneário Camboriú. Os professores Fábio Aurélio Castilho e Rúbia Martins organizaram uma contação de histórias sobre a cidade, desde o primeiro prefeito, as tradições, os pontos turísticos e até mesmo a explicação de cada nome dos pontos. O “Histórias a Bordo” faz parte do Projeto Oficinas, da Secretaria de Educação.

Para a gestora do CEM Taquaras, Saly Mara Beatriz do Amaral, a visita no engenho foi um momento de resgate cultural e da valorização da cultura local. “Aproveitamos o momento para fazer uma ponte com o empreendedorismo, comparando o modo artesanal e industrial da fabricação”, conta a gestora. Saly também ressalta a importância dessas aulas que produzem o aprendizado real. “Tudo que é significativo faz sentido. É essa a educação que acreditamos”.

Nesta quarta-feira (06) acontece a segunda etapa da farinhada. O produto será servido na festa “Raízes de Taquaras”, no próximo sábado e domingo (09 e 10), em frente ao CEM Taquaras.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *