Navegantes

I SEMINÁRIO DO ACESSUAS TRABALHO E I FEIRA DA EMPREGABILIDADE REÚNE UM GRANDE NÚMERO DE PARTICIPANTES

Mudar, estudar, transformar e trabalhar foram os verbos utilizados de fio condutor para transmitir as mensagens para o público-alvo do evento que lotou o CIC – (Centro Integrado de Cultura), no I Seminário ACESSUAS E O MUNDO DO TRABALHO DE NAVEGANTES E I FEIRA DA EMPREGABILIDADE.

A proposta do evento foi abrir nas rodas de conversa um espaço de discussão sobre temas que possam impulsionar os participantes para o Mundo do Trabalho, promovendo a integração entre as empresas da região e população.

De acordo com a Assistente Social, Savana de Souza Rocha, nestes cinco meses de trabalho foram realizadas 22 reuniões com as empresas, 12 reuniões com a Rede Intersetorial e de Mobilização, 20 ciclos de oficinas (13 concluídos e 07 em andamento), 239 cadastros de Acompanhamento Individual de Usuários, 306 usuários atendidos nas oficinas.

Na abertura do evento, o Secretário da Assistência Social, Juliano de Maria representou o poder público, participando de uma das rodas de conversa que abordou a inclusão do jovem no mundo do trabalho.  O diretor da Portonave, Osmari de Castilho Ribas, representou as empresas e falou da importância dessa responsabilidade e preocupação das empresas em oferecer as vagas e do poder público em buscar parcerias para a qualificação dos profissionais. “ Navegantes está localizada numa região produtiva e tem um potencial de crescimento, necessitando de profissionais qualificados para o mercado de trabalho”, destacou.

Nas rodas de conversas foram debatidos três temas específicos, neste sentido, os participantes que prestigiaram o evento tiveram a oportunidade de refletir sobre a própria conduta na busca pelo emprego. Na ocasião, puderam tirar algumas dúvidas e foram orientados de como seguir a carreira profissional a partir das reflexões provocadas pelos temas nas rodas de conversa que foram: inclusão das pessoas deficientes, inclusão do jovem no mundo do trabalho e empreendedorismo social e economia solidária.

Ao final do evento vários parceiros ( SINE, CIEE, SEBRAE, GERAR, ESPRO, APAE E ARTESANAVE) conduziram a I Feira da empregabilidade, um espaço para exposição, cadastro e informações.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *