Itajaí

Superintendência do Porto de Itajaí engajada na campanha “Julho Amarelo”

Ação foi desenvolvida em prol da saúde dos trabalhadores portuários com o apoio de profissionais da saúde.

A Superintendência do Porto de Itajaí realiza nesta semana, entre 11 e 13 de julho, suas principais campanhas em apoio ao “Julho Amarelo”, objetivando a conscientização, prevenção e controle de Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

Através da Gerência do Meio Ambiente da Superintendência do Porto e CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes), realizou campanhas junto aos acadêmicos de Enfermagem, Biomedicina e Medicina da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), através do projeto de extensão “Escolhas”, com apoio da APM Terminals, Secretária Municipal da Saúde de Itajaí, OGMO (Órgão Gestor de Mão de Obra), Laboratório Abbvie e Gerência de IST/AIDS/HIV (Núcleo Municipal de Saúde).

Dados fornecidos pelo Ministério da Saúde, indicam que três milhões de brasileiros estão infectados pela hepatite C, mas não sabem que têm o vírus. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que cerca de 3% da população mundial, seja portadora de hepatite C crônica.

A falta do conhecimento da existência da doença é o grande desafio, por isso a recomendação é que todas as pessoas com mais de 45 anos de idade façam o teste gratuitamente em qualquer posto de saúde e, no caso positivo, façam o tratamento que está disponível na rede pública de saúde.

O principal objetivo da ação é sensibilizar trabalhadores para a importância do cuidado com a saúde, com foco na prevenção e no acesso a profissionais da saúde, orientando a população para os serviços de cuidado disponíveis na cidade.

O Projeto Escolhas, qualifica a assistência e a formação profissional, preparando os estudantes da área da saúde e profissionais das unidades de saúde para atuarem de forma integral na prevenção ao uso de drogas, e para o desenvolvimento do protagonismo da criança e do adolescente.

Os exames rápidos de Hepatite Sífilis, B e C e HIV foram realizados em 3 pontos do Porto de Itajaí e abertos aos funcionários da Superintendência (Autoridade Portuária), empresas terceirizadas e à comunidade, onde os mesmos realizaram a prática do “teste rápido” (com apenas algumas gotas de sangue), e tiveram a oportunidade de saberem do resultado 30 minutos depois, sem custo nenhum. Após os exames, os “pacientes” receberam materiais informativos sobre IST’s, preservativos, lubrificantes e garrafa d’água squeeze, também gratuitos.

Regina da Silva dos Santos, Presidente da CIPA do SPI acredita que o maior foco é estar consciente sobre as IST’s e, de fato, realizar os exames  “Embora tenha sido um evento rápido, a ação foi extremamente positiva de uma forma geral, pois foi uma abertura para todos, onde trouxemos a realidade do exame até as pessoas. Quando a pessoa ouve falar que existe um exame em tal lugar é uma situação, mas como o próprio exame veio até o local de trabalho, grátis e rápido, isso já ajuda a trazer a pessoa para realizar os testes, e por assim, ter mais conhecimento sobre as doenças e como estamos suscetíveis à elas”, enfatiza.

Thais Ramos, estudante do 6º Período de Enfermagem comenta sobre a entrega dos resultados da ação “É importante ressaltar que os acadêmicos ficaram responsáveis pelo colhimento de informações e material para realização dos testes, mas os aconselhamentos [entrega dos resultados] foram realizados por profissionais capacitados na área de Enfermagem, Fisioterapia e Psicologia de maneira privada e sigilosa”, destaca.

Até o fechamento desta edição o número de participantes já somava em 200 pessoas, em sua maioria funcionários dos órgãos intervenientes do Complexo Portuário de Itajaí.

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *