Esportes

Flamengo estreia na Libertadores com vitória de 1 a 0 sobre San José

O Flamengo estreou com uma vitória de 1 a 0 sobre o San José da Bolívia na partida que abriu o Grupo D da Copa Libertadores da América disputado nesta terça-feira no estádio Jesús Bermúdez da cidade andina de Oruro.

Gabriel Barbosa, o Gabigol, marcou aos 15 minutos do segundo tempo recebendo um passe em profundidade do colombiano Gustavo Cuéllar e tocando na saída do goleiro Lampe.

Foi uma partida jogada com um certo ritmo. O San José partiu para cima mas esbarrou na defesa bem montada do Flamengo, que apostou no contra-ataque e mais tarde administrou a vantagem.

O time carioca recebe no próximo dia 13 de março o time equatoriano pela segunda rodada desta chave e um dia depois, o San José visita o Peñarol em Montevidéu.

– Flamengo assume o controle –

O time boliviano partiu para cima desde os primeiros minutos, exercendo uma pressão forte e mantendo a posse de bola, enquanto que o Flamengo tentava formar uma defesa sólida para frear os avanços e sair no contra-ataque.

O San José atacou várias vezes em jogadas protagonizadas pelo argentino Javier Sanguinetti e o boliviano Rodrigo Ramallo, embora o Flamengo também tenha arriscado jogadas individuais.

Aos poucos o rubro-negro foi assumindo o controle do jogo com passes curtos. O time carioca começou a perceber fragilidades na defesa adversária quando pressionava e adiantou suas linhas, com um jogo que confundia a equipe da casa.

Sem jogadores que pudessem desequilibrar, o San José abusou dos cruzamentos. Aos 38 minutos, após uma jogada coletiva Carlos Saucedo chutou mas o goleiro Diego Alves defendeu. Logo depois, o goleiro voltou a neutralizar um ataque rival.

– Gabigol presente –

O San José começou o segundo tempo mais ofensivo. O técnico argentino Néstor Clausen colocou o brasileiro Marcelo Gomes no lugar do argentino Sanguinetti, que se machucou, para dar mais poder ofensivo.

Mas aos 15 minutos, o Flamengo abriu o placar com um passe em profundidade de Gustavo Cuéllar que penetrou no meio da defesa boliviana, permitindo que Gabigol entrasse na área, tocando a bola por cima do goleiro Lampe.

Daí em diante o time carioca manteve a vantagem, mesmo com o San José desesperado atrás do empate. As duas equipes ainda tiveram chances de marcar. Aos 28 minutos, Marcelo Gomes quase empatou com uma cabeçada que Diego Alves defendeu garantindo os importantes três pontos fora de casa.

Nesta quinta-feira Liga de Quito e Peñarol do Uruguai se enfrentam também pelo Grupo D.

AFP / JORGE BERNAL

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *