Debêntures e os cuidados ao investir

Debêntures e os cuidados ao investir

As debêntures representam mais uma das opções de investimento dentro da renda fixa. E apesar de ser um título muitas vezes atrativo devido a uma rentabilidade mais elevada, devemos tomar cuidado ao escolher esse tipo de papel para compor uma carteira.

Estes títulos podem ser emitidos por empresas do tipo S.A – Sociedades Anônimas, e visam obter recursos para investir em um projeto, oferecendo em troca o pagamento do principal mais uma parcela de juros. Para empresa é uma forma de financiamento onde ela estabelece as regras, seja o prazo de pagamento como os juros que serão pagos.

A vantagem para o investidor é que os juros prometidos muitas vezes superam as taxas de títulos bancários e de títulos públicos, e algumas delas possuem isenção de imposto de renda. Combinadas com um prazo mais longo, se tornam opções excelentes para proteção contra inflação.

Contudo, estes são um dos títulos mais arriscados dentro da renda fixa, podendo até serem classificados como opções mais agressivas. Quem é um pouco mais antenado no mundo das finanças pode ter acompanhado o caso de uma empresa administradora de rodovias que teve certo prejuízo nos últimos anos e tem buscado reduzir os juros prometidos junto aos credores.

Como este é um produto mais arriscado o investidor deve avaliar muito bem se irá utilizar esse papel em sua carteira e quanto do seu patrimônio será alocado. As debêntures não contam com as garantias do FGC ou a segurança dos títulos do tesouro, então é essencial considerar o risco de calote, antes de olhar apenas para as taxas.

Apesar de tudo, com uma boa gestão de riscos e uma diversificação bem planejada, esses ativos podem fazer parte da carteira, desde que limitados a uma pequena parte do patrimônio, em muitos casos vale mais a pena sacrificar um pouco da rentabilidade em prol de maior segurança nos investimentos.

orlando.werner@outlook.com/todomundorico.wordpress.com

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Disqus ( )