Itajaí

Assinada a ordem de serviço para nova etapa da Via Expressa Portuária

A Via Expressa Portuária, uma obra muito aguardada pela população de Itajaí, teve sua ordem de serviço assinada na tarde desta quarta-feira (24). Este novo trecho da via, com investimentos de R$ 3,7 milhões, deverá ser finalizado em 180 dias. Outras duas ordens de serviços também foram assinadas: a construção de uma ponte sobre o Rio Itajaí-Mirim, no Bambuzal, e uma Arena Multiuso para competições equestres, no Parque do Agricultor Gilmar Graf.

A Via Portuária é um projeto do Governo Federal que o Município de Itajaí assumiu a responsabilidade no ano passado, devido ao extenso período em que a obra ficou paralisada. A conclusão desta primeira etapa, de quase um quilômetro entre as ruas Agostinho Alves Ramos e Adão Wandal, vai retirar os caminhões de contêineres da avenida Reinaldo Schmithausen e garantir mais segurança para o trânsito da região. O projeto é do Departamento Nacional De Infraestrutura De Transportes (DNIT).

“Diante da demora do Governo Federal em alocar recursos para a conclusão da obra, decidimos executar por conta própria esta etapa e colocar um fim nessa longa espera dos itajaienses”, afirma o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni. “A via portuária é uma obra vital para nossa economia e para melhorar a qualidade de vida dos milhares de cidadãos que utilizam a Reinaldo Schmithausen todos os dias”, argumenta o gestor.

Finalizada esta etapa inicial, já será possível implantar alterações efetivas no trânsito de Itajaí, em especial para os moradores do bairro Cordeiros. Atualmente, o fluxo de caminhões que acessam a área portuária passa por dentro da grande área urbana da comunidade, compartilhando as ruas e avenidas com ciclistas, pedestres e veículos de passeio.

As obras, que serão efetuadas pela Baltt Empreiteira Transportes e Terraplanagem Ltda., contemplam serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, sinalização, iluminação urbana, construção de calçadas, ciclovias e paisagismo, além de outras obras complementares.

Ponte no Bambuzal
Outra ordem de serviço assinada integra o pacote de obras de mobilidade urbana que trarão uma revolução no trânsito de Itajaí. A construção de uma ponte sobre o Rio Itajaí-Mirim, entre o bairro São João e a localidade do Bambuzal, no bairro São Vicente, vai criar um novo eixo de deslocamento viário entre estes dois importantes bairros da cidade, trazendo mais segurança a motoristas, pedestres e ciclistas.

A nova ponte, que vai ligar a rua Juca Cesário à rua São Joaquim, terá 50 metros de comprimento e 13,5 metros de largura para comportar duas pistas, calçadas e ciclovia. Com investimentos de R$ 4,5 milhões, a obra desafogará o trânsito na rua Pedro Rangel, proporcionando um novo acesso entre os bairros São João e São Vicente. Os serviços serão executados pela empresa Salver Construtora e Incorporadora Ltda., que terá um ano para a conclusão da obra.

Para a construção desta ponte, também foram investidos aproximadamente R$ 2,4 milhões em desapropriações. A obra é custeada pelo financiamento internacional, responsável pelas principais transformações na mobilidade urbana de Itajaí, entre vários outros projetos.

Arena Multiuso
Também nesta quarta-feira foi assinada a ordem de serviço para a construção de uma Arena Multiuso no Parque do Agricultor Gilmar Graf, na Baía, que será utilizada para competições equestres, como as provas do Freio de Ouro. Com investimentos de R$ 4,1 milhões, a conclusão da obra deve acontecer em nove meses.

O novo espaço contará com arquibancadas, área de embarque e desembarque de animais, sanitários e vestiários para atletas, expositores e apresentadores. A arena também poderá ser utilizada para exposições, leilões, entre outros eventos. A empresa Êxito Construções Civis Ltda. é a responsável pela execução dos serviços.

“Além dessa pista, temos um grande projeto para o Parque do Agricultor, que é a construção de um novo pavilhão de eventos, com capacidade para cinco mil pessoas. Será um local não só para a nossa Festa Nacional do Colono, mas para shows, feiras, congressos e grandes exposições. Serão investidos R$ 10 milhões e a previsão é de concluir esta obra daqui a um ano”, comenta Volnei Morastoni.

Projetos em andamento
Além da nova ligação entre os bairros São João e São Vicente assinada hoje, já está em construção a ponte que conecta os bairros São Judas e Cidade Nova (rua Adolfo Batschauer e rua Otto Hoier). Uma terceira ponte já está com o projeto em licitação. Ela ligará os bairros São Vicente e Cordeiros, na altura da avenida Nilo Bittencourt e da rua Selso Duarte Moreira. Ao todo, seis novas pontes serão construídas no Município de Itajaí.

Financiamento internacional
O financiamento internacional é o responsável por custear as obras de mobilidade urbana, equipamentos públicos e de macrodrenagens. O Município de Itajaí é destaque na apresentação dos projetos e na liberação dos valores junto ao Fundo de Desenvolvimento Financeiro da Bacia do Prata (Fonplata), instituição responsável pelo empréstimo.

Os investimentos garantem 40 obras em 16 bairros e localidades de Itajaí. Dom Bosco, Santa Regina, Itaipava, Cidade Nova, São Judas, Cordeiros, Nova Brasília, Centro, Praia Brava, São Vicente, São João, Murta, Espinheiros, Bambuzal e Fazenda receberão as transformações nas áreas de mobilidade, drenagem e construções públicas. 

Share:

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos necessários estarão marcados com *