Asfalto na avenida Beira Rio em Tijucas, já beneficia o município e a região

Asfalto na avenida Beira Rio em Tijucas, já beneficia o município e a região

A avenida Beira Rio, em Tijucas, passa por uma transformação desde o segundo semestre de 2020. Depois de décadas pavimentada apenas em paralelepípedos, a via está ganhando asfalto e mudando a realidade de um dos acessos do Vale do Rio Tijucas à BR-101. A obra é executada pelo município, com recursos de aproximadamente R$ 6,6 milhões do Governo do Estado, como parte do programa Novos Rumos.

“O Governo do Estado tem priorizado obras que beneficiam regiões inteiras e sejam importantes para o desenvolvimento dos municípios. Este é um exemplo, uma via que estava em pedra e não comportava mais todo o movimento diário de moradores, turistas e de escoamento da produção rural e industrial. É um investimento com recursos próprios, sem financiamento, um resultado concreto das economias que fizemos na gestão”, explica o governador Carlos Moisés.

A avenida Beira Rio é o nome popular dado ao trecho que contempla as ruas Senador Gallotti, Marechal Floriano, Pedro Eulálio Andriani, Tenente Carvalho, 15 de Novembro, Santa Catarina e Coronel Buchelle.

Além do asfalto, a obra contempla drenagem para a água da chuva e sinalização. Os trabalhos tiveram início nas proximidades da BR-101 e seguem 3,8 quilômetros em direção ao interior. O asfalto melhorará o acesso para todo o Vale do Rio Tijucas, que inclui também os municípios de Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Major Gercino. A via também é utilizada para quem utiliza o acesso sul de Brusque pela SC-108.

“É um benefício não só para o nosso município, mas todo o Vale do Rio Tijucas. Em média, passam por ali 16 mil veículos por dia. É uma via muito importante para o escoamento da produção e para a trafegabilidade. Estamos muito contentes com essa obra”, expõe o prefeito de Tijucas, Eloi Mariano Rocha.

De acordo com o setor de engenharia da Prefeitura, já foram colocadas 3,7 mil toneladas de asfalto e quase 3,4 mil metros de tubulação para drenagem, entre outros serviços que fazem parte do projeto.

Fotos: Ricardo Wolffenbüttel/Secom

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Wordpress (0)
Disqus ( )