Coronavírus na Suíça: Tendo em vista a chegada do verão a exigência de máscara para certas áreas, tais como praias e piscinas públicas, pode ser derrogada

Coronavírus na Suíça: Tendo em vista a chegada do verão a exigência de máscara para certas áreas, tais como praias e piscinas públicas, pode ser derrogada

Com uma diminuição das hospitalizações e novas infecções, a situação epidemiológica na Suíça está melhorando. Na quarta-feira, o governo decidiu introduzir novas flexibilizações, incluindo a abertura de restaurantes a partir de 31 de maio.

  • Restaurantes e centros termais poderão reabrir em 31 de maio.
  • Até 300 pessoas podem se reunir para eventos públicos do lado de fora, 100 dentro. 
  • A obrigação de teletrabalho torna-se uma recomendação.
  • Para reuniões particulares, o limite permanece em dez pessoas dentro de casa e quinze ao ar livre.
  • Outras flexibilizações em áreas tais como esporte, cultura e eventos serão anunciadas em 11 de junho.
  • O governo estima que a vacinação completa da população adulta (2 doses) será concluída até o final de julho, desde que os produtores de vacinas não encontrem mais problemas de entrega e que o ritmo da vacinação prossiga como planejado.
Keystone / Ennio Leanza

Situação atual

A flexibilização das restrições em abril não teve um efeito negativo sobre a evolução da epidemia, observou o governo na quarta-feira, 12 de maio. Novas infecções e hospitalizações estão diminuindo e as unidades de terapia intensiva não estão sobrecarregadas. A situação epidemiológica está cada vez melhor. Uma tendência que deve continuar.

“Esta é a melhor situação que poderíamos esperar”, disse o Ministro da Saúde Alain Berset em uma entrevista coletiva. O Conselho Federal acredita, portanto, que são possíveis novas flexibilizações. Alain Berset deixou claro, entretanto, que isto não era um convite para relaxar tudo e apressar a saída.

Quase 13% da população já recebeu às duas doses da vacina e muitos cantões abriram a vacinação para todos os adultos. O fornecimento de vacinas está assegurado para este ano, garantiu Alain Berset. A Suíça também está bem posicionada para 2022 com vários pedidos de vacina de RNA mensageiro, principalmente da Moderna.

SWI

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Disqus ( )