Audiência pública: Fabiano da Luz destaca deliberações para saúde mental em SC

Audiência pública: Fabiano da Luz destaca deliberações para saúde mental em SC

Ampliar o debate, formar grupo de trabalho e buscar informações sobre a saúde mental em Santa Catarina. Esses foram os três principais encaminhamentos da audiência pública que tratou sobre os ‘20 anos da lei da reforma psiquiátrica e os impactos da pandemia’, realizada pela Alesc, nesta segunda-feira (17).

O encontro ocorreu às vésperas do Dia Nacional da Luta Antimanicomial (terça-feira – 18). Além de marcar a data, o debate apontou os avanços e os desafios da lei.

Propositor do evento, o deputado Fabiano da Luz (PT) coordenou o debate por videoconferência. O parlamentar se comprometeu em marcar conversa com o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, e profissionais da área para tratar sobre o contexto da saúde mental em Santa Catarina.

Também foi decidido pela criação de um grupo de trabalho para ampliar o debate entre especialistas e o poder público. Outro encaminhamento foi pela formalização de Pedido de Informação sobre a situação da Covid nas comunidades terapêuticas e no Instituto de Psiquiatria de Santa Catarina (IPQ).

“É somente a partir do momento em que essas pessoas se manifestam que a gente enxerga o tamanho do problema que estamos criando enquanto ignoramos a importância do investimento sério na área da saúde mental por parte dos setores públicos”, disse o deputado Fabiano, vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Com a realização da audiência pública, o parlamentar atendeu a um pedido da Frente Ampliada em Defesa da Saúde Mental e da Reforma Psiquiátrica e Luta Antimanicomial de Santa Catarina.


Fotos: Rodolfo Espínola / Agência AL

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Disqus ( )