Força-Tarefa: Operação Fio Desencapado realiza nova ação para coibir crime de receptação de itens furtados

Força-Tarefa: Operação Fio Desencapado realiza nova ação para coibir crime de receptação de itens furtados

A Secretaria de Segurança Pública da Prefeitura de Florianópolis, em conjunto com forças policiais da Capital e órgãos da administração municipal, coordenou na manhã desta terça-feira, 25 de maio, de mais uma edição da Operação Fio Desencapado, que visa fiscalizar ferros velhos e combater o crime de receptação de itens provenientes de furto, como cabos de comunicação, fios, placas de sinalização de trânsito, hidrômetros, peças de arte, esculturas, entre outras.

Três pessoas foram presas pela força-tarefa. Autuações também foram emitidas.

A ação das equipes focou na fiscalização da regularidade destes comércios em relação às questões ambientais, saúde pública e alvarás de funcionamento. Cerca de 250 profissionais, entre agentes de polícia e fiscais, foram divididos em sete equipes interinstitucionais para fiscalizar os pontos mapeados previamente, na região Continental e Ilha.

Participaram da operação: Guarda Municipal de Florianópolis (GMF), Superintendência de Serviços Públicos (Susp), Vigilância Sanitária do município (Visa), Floram, Secretaria do Meio Ambiente, e do Continente, Polícias Militar e Ambiental, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Celesc.

“Nosso objetivo com mais esta ação, é intensificar o combate à compra irregular deste material, que é ponto central desse tipo de dinâmica criminal, que é a receptação de itens furtados. Sem dúvida, o envolvimento e concentração de todas as forças policiais do Estado e município e das equipes de fiscalizações da prefeitura de Florianópolis, é a ferramenta que permite trazer resultados efetivos para nossas ações”, explica o Secretário de Segurança Pública da Capital, Araújo Gomes.

Parte do material apreendido pela Operação.

Dados parciais da Operação

As equipes seguem realizando a Operação Fio Desencapado, mas já disponibilizaram alguns dados.
No Monte Cristo, a Floram emitiu dois autos de infração devido ao exercício de atividade sem licenciamento ambiental. No bairro Estreito e no Carianos um ferro-velho foi notificado para apresentar alvará de funcionamento e localização, sob pena de multa, conforme prevê a legislação. Em um local de reciclagem, na região da Vargem Grande, um proprietário foi autuado por não apresentar/exibir em local visível ao público, o alvará de funcionamento. No Norte da Ilha, as forças policiais efetuaram ainda, outras duas prisões por receptação de fios provenientes de furto.

Em um ferro-velho no bairro Capoeiras, foram encontrados 700 gramas de fios de cobre de uma operadora de telefonia. A Polícia Civil registrou boletim de ocorrência e conduziu o proprietário para a Central de Polícia, onde realiza neste momento, os procedimentos cabíveis. O estabelecimento também foi autuado pela Floram por exercer reciclagem, que é uma atividade potencialmente poluidora, sem o devido licenciamento ambiental. A Susp ainda emitiu uma outra multa pela não exposição em local visível ao público, do alvará de funcionamento.

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Disqus (0 )