Itajaí: Laudo da Defesa Civil libera calçada e ciclovia de Cabeçudas

Itajaí: Laudo da Defesa Civil libera calçada e ciclovia de Cabeçudas

O Município de Itajaí fez uma força tarefa, nesta segunda-feira (05), para verificar a situação da ciclovia de Cabeçudas. Após análise da equipe técnica, o trecho da calçada e ciclovia foram liberados para a circulação, por não apresentarem risco de desabamento. Durante todo o dia, Defesa Civil e as secretarias de Obras e Desenvolvimento Urbano e Habitação fizeram o levantamento da erosão causada pelas últimas ressacas junto à estrutura de sustentação da calçada e ciclovia.

No início da tarde, uma avaliação definitiva descartou por completo o perigo de desabamento. Depois da vistoria do corpo técnico de engenharia, os especialistas ressaltaram que a sustentação da estrutura foi feita com estacas raiz e que as mesmas estão apoiadas sobre rocha firme. Também observaram novamente todas as demais estruturas em concreto sem constatar danos. Como a obra está no prazo legal de garantia, a empresa responsável pela reurbanização do Caminho de Cabeçudas assumirá os reparos.

O documento produzido pela Defesa Civil de Itajaí recomenda a execução de uma barreira de contenção junto à base do talude que sofreu erosão, para evitar novas erosões; a recuperaração do sistema de drenagem pluvial que teve queda parcial de seus tubos em virtude da erosão ocorrida no talude; e a recuperação do piso do ponto da calçada/ciclovia que sofreu adensamento.

Na primeira vistoria realizada pela manhã, por não se ter conhecimento da profundidade dos pilares de sustentação, a equipe da Defesa Civil optou em isolar parte da calçada e ciclovia por prevenção até que fosse realizada uma nova avaliação na parte da tarde pelo corpo técnico da administração municipal.

Durante a vistoria também foi também observado outro ponto da calçada e ciclovia que apresentava adensamento do piso e rachaduras. Os serviços devem iniciar ainda essa semana.  

Fonte: https://www.itajai.sc.gov.br/

CATEGORIA
Compartilhar com

Comentário

Disqus ( )